none
SQL SERVER com W10 e SSD RRS feed

  • Pergunta

  • Quero usar o SQL SERVER (ponto).

    Atualmente tenho ótimos PCs com Windows 10 Professional "apenas", ou seja, não tenho o Windows Server.

    Para melhorar o desempenho e também avaliando custo x beneficio do SSD "normal/SATA" versus NVME, tenho a ideia de colocar o SO e a pasta de LOGs do SQL no SATA (500Gb), usando o NVME (1Tb) apenas para os arquivos MDB mesmo...

    Faz sentido?


    quinta-feira, 5 de dezembro de 2019 20:28

Respostas

  • Olá amigo, 

    Bem, já visto que você vai usar o Windows 10 pq já tem licença beleza.. O ideal é o Server, mas, está valendo rsrs. 

    use o SSD para os arquivos de Dados . mdf e o mais lento para o .ldf. 

    Se tiver como expalhar os arquivos em partições procure colocar a base TempDB sem discos separados dos outros e com a divisão de 1 arquivo .mdf da temp para cada núcleo (até um máximo de 8 arquivos) no mesmo disco pode ser. 

    Arquivos de Dados .mdf e um disco, .ldf em outro e a base TempDB em outro vai ajudar na leitura e velocidade dos dados. 

    Procure formatar os blocos de disco em 16kb para os logs (ou não se preocupe , pois isso é mais avançado rsrs). 


    Se esta resposta lhe ajudou, marque-a como útil para que outra pessoa com dúvida ou problema semelhante possa encontrar resposta ou ajuda mais facilmente. * Jefferson Clyton Pereira da Silva - [ MCSA | MCP | MCTS | MTA | Analista de Banco de Dados - Sql Server e Oracle ]

    • Marcado como Resposta MLRamos sexta-feira, 6 de dezembro de 2019 16:32
    sexta-feira, 6 de dezembro de 2019 02:23

Todas as Respostas

  • (...) tenho a ideia de colocar o SO e a pasta de LOGs do SQL no SATA

    Independente de onde decida armazenar o sistema operacional e demais softwares, lembre-se de criar uma partição específica para ele, com espaço suficiente para o arquivo de swap e expansões futuras.

    E onde vai colocar os arquivos do banco de dados tempDB?

    Quanto há de memória física?

    ---

    Atenção: para configurar o tempDB sugiro a leitura da compilação de artigos publicada há mais de ano em ☆ TempDB - mais um capítulo.

     


    José Diz     Belo Horizonte, MG - Brasil     [query performance tuning: Porto SQL]


    Este conteúdo é fornecido sem garantias de qualquer tipo, seja expressa ou implícita.
    • Editado José Diz sexta-feira, 6 de dezembro de 2019 11:54
    quinta-feira, 5 de dezembro de 2019 21:55
  • MLRamos,

    Um ponto de atenção que você deve ter é justamente em relação aos bancos de dados de Sistema, principalmente o Master e TempDB que por padrão são envolvidos em boa parte dos procedimentos e transações realizadas no SQL Server.

    Estes bancos você já planejou o local de armazenamento?

    Além disso, existem um banco de dados de Sistema, "oculto" denominada resource, este obrigatóriamente deverá ficar armazenados com os binários do SQL Server, ou seja, na unidade que você instalar o SQL Server, este banco estará presente.

    Vale ressaltar que as boas práticas reforçam o uso de vários arquivos de dados para o banco TempDB, tendo como base a quantidade processadores lógicos existentes na sua máquina, se a sua máquina tiver 8 processadores lógicos é recomendável criar um arquivos de dados referente ao TempDB para cada logical processor, sabendo que o limite máximo reconhecido pelo SQL Server é de 8 arquivos.


    Pedro Antonio Galvão Junior [MVP | MCC | MSTC | MIE | Microsoft Evangelist | Microsoft Partner | Engenheiro de Softwares | Especialista em Banco de Dados Relacional e Data Warehouse | Professor Universitário | @JuniorGalvaoMVP | http://pedrogalvaojunior.wordpress.com]

    quinta-feira, 5 de dezembro de 2019 22:51
    Moderador
  • Olá amigo, 

    Bem, já visto que você vai usar o Windows 10 pq já tem licença beleza.. O ideal é o Server, mas, está valendo rsrs. 

    use o SSD para os arquivos de Dados . mdf e o mais lento para o .ldf. 

    Se tiver como expalhar os arquivos em partições procure colocar a base TempDB sem discos separados dos outros e com a divisão de 1 arquivo .mdf da temp para cada núcleo (até um máximo de 8 arquivos) no mesmo disco pode ser. 

    Arquivos de Dados .mdf e um disco, .ldf em outro e a base TempDB em outro vai ajudar na leitura e velocidade dos dados. 

    Procure formatar os blocos de disco em 16kb para os logs (ou não se preocupe , pois isso é mais avançado rsrs). 


    Se esta resposta lhe ajudou, marque-a como útil para que outra pessoa com dúvida ou problema semelhante possa encontrar resposta ou ajuda mais facilmente. * Jefferson Clyton Pereira da Silva - [ MCSA | MCP | MCTS | MTA | Analista de Banco de Dados - Sql Server e Oracle ]

    • Marcado como Resposta MLRamos sexta-feira, 6 de dezembro de 2019 16:32
    sexta-feira, 6 de dezembro de 2019 02:23
  • Não existe tal limite.

    Cabe destacar que esse assunto - configuração do tempDB -, realmente é nebuloso, havendo até diferentes opiniões entre especialistas. Mas com certeza não está limitado a 8 arquivos.


    José Diz     Belo Horizonte, MG - Brasil     [query performance tuning: Porto SQL]


    Este conteúdo é fornecido sem garantias de qualquer tipo, seja expressa ou implícita.

    • Editado José Diz sexta-feira, 6 de dezembro de 2019 12:14
    sexta-feira, 6 de dezembro de 2019 09:43
  • Nossa, ficou agitado esse tópico! =)
    José Diz, tenho 32Gb RAM. Acredito que o padrão da instalação é deixar o tempDB no mesmo disco de dados, certo? Mas tentaria realocar para o SSD SATA em uma pasta específica, pois minha ideia é usar os 1Tb do SSD NVME apenas para dados "puros" (mdf).
    Junior Galvão, não me liguei do Master mas penso em fazer o mesmo que o tempDB explicado acima. Não conhecia sobre o resource, grato pela explicação. E, sim, tem 8 processadores lógicos.
    Jefferson Silva, é essa a ideia: NVME para .mdf e SATA para .ldf (na verdade todo o resto!)
    Então, resumindo, com as ressalvas feitas referente ao tempDB e master que seriam realocados para o SSD SATA, todo o SSD NVME pode ser aproveitado exclusivamente para os "bancos" .mdf
    Aprovado? ;-)

    Agradeço a colaboração e os textos adicionais de todos, valeu!

    • Editado MLRamos sexta-feira, 6 de dezembro de 2019 18:02 Correção de texto
    sexta-feira, 6 de dezembro de 2019 16:01
  • Opá  MLRamos, 

    Aqui no grupo, temos o José e o Junior (e outros ) que são muito feras  e estão sempre dispostos a ajudar a galera. 

    Isso ai , deixe os .mdf (Dados) nos discos mais rapidos e os .ldf(log) no outro. 

    Caso tenha algum disco adicional , coloque a base Temp nele.  Caso não , separe pelo menos por pasta para ficar mais organizado. 

    Vi que você tem 32GB de RAM . Deixe pelo menos 20 GB limitados para o Sql Server (Até por que com uns 4 GB o Windows deve trabalhar muito bem). Se esta for uma maquina dedicada a banco deverá ficar muito bem. Caso não , você ainda terá memória para manejar . 

    Os arquivos de DAdos do Banco também podem ser configurados com limite em tamanho , assim , você evita que os arquvos de log (.ldf) por exemplo cresçam demais e possam estourar espaço em disco. 

    São alguns detalhes ainda a ir configurando. 

    Sendo um banco de produção (?) você provavelmente colocará a base em modo FULL . Sendo assim , não esqueça de configurar os Backups Tlog (além dos Full é claro) . 

     Estamos por aqui, se precisar, é só chamar.  rsrs


    Se esta resposta lhe ajudou, marque-a como útil para que outra pessoa com dúvida ou problema semelhante possa encontrar resposta ou ajuda mais facilmente. * Jefferson Clyton Pereira da Silva - [ MCSA | MCP | MCTS | MTA | Analista de Banco de Dados - Sql Server e Oracle ]

    sexta-feira, 6 de dezembro de 2019 18:24
  • Não existe tal limite.

    Cabe destacar que esse assunto - configuração do tempDB -, realmente é nebuloso, havendo até diferentes opiniões entre especialistas. Mas com certeza não está limitado a 8 arquivos.


    José Diz     Belo Horizonte, MG - Brasil     [query performance tuning: Porto SQL]


    Este conteúdo é fornecido sem garantias de qualquer tipo, seja expressa ou implícita.

    José,

    Por gentileza, verifique este trecho da documentação oficial Microsoft:

    https://docs.microsoft.com/pt-br/sql/relational-databases/databases/tempdb-database?view=sql-server-ver15

    Propriedades físicas do TempDB no SQL Server

    A tabela a seguir lista os valores de configuração iniciais dos arquivos de dados e de log do TempDB no SQL Server, que se baseiam nos padrões do Modelo de banco de dados. Os tamanhos desses arquivos podem variar um pouco em diferentes edições do SQL Server.

    Arquivo Nome lógico Nome físico Tamanho inicial Aumento do arquivo
    Dados primários tempdev tempdb.mdf 8 megabytes Aumento automático de 64 MB até que o disco fique cheio
    Arquivos de dados secundários* temp# tempdb_mssql_#.ndf 8 megabytes Aumento automático de 64 MB até que o disco fique cheio
    Log templog templog.ldf 8 megabytes Aumento automático de 64 megabytes até um máximo de 2 terabytes

    * O número de arquivos depende do número de processadores (lógicos) do computador. Como regra geral, se o número de processadores lógicos for menor ou igual a oito, use o mesmo número de processadores lógicos para os arquivos de dados. Se o número de processadores lógicos for maior que oito, use oito arquivos de dados e, se a contenção persistir, aumente o número de arquivos de dados em múltiplos de quatro até que a contenção seja reduzida a níveis aceitáveis ou faça alterações no código/carga de trabalho.

    É com base neste trecho que temos que analisar, pois a quantidade de processadores que ele esta informando se enquadra justamente na recomendação inicial, por isso eu destaquei o limite de 8 arquivos. Mesmo sabendo que ele poderá ter mais de 8 processadores e deverá estabelecer um cálculo de arquivos com base nos múltipos de quatro.

    Observação: O valor padrão para o número de arquivos de dados baseia-se nas diretrizes gerais de KB 2154845.


    Pedro Antonio Galvão Junior [MVP | MCC | MSTC | MIE | Microsoft Evangelist | Microsoft Partner | Engenheiro de Softwares | Especialista em Banco de Dados Relacional e Data Warehouse | Professor Universitário | @JuniorGalvaoMVP | http://pedrogalvaojunior.wordpress.com]


    sexta-feira, 6 de dezembro de 2019 19:05
    Moderador
  • Nossa, ficou agitado esse tópico! =)
    José Diz, tenho 32Gb RAM. Acredito que o padrão da instalação é deixar o tempDB no mesmo disco de dados, certo? Mas tentaria realocar para o SSD SATA em uma pasta específica, pois minha ideia é usar os 1Tb do SSD NVME apenas para dados "puros" (mdf).
    Junior Galvão, não me liguei do Master mas penso em fazer o mesmo que o tempDB explicado acima. Não conhecia sobre o resource, grato pela explicação. E, sim, tem 8 processadores lógicos.
    Jefferson Silva, é essa a ideia: NVME para .mdf e SATA para .ldf (na verdade todo o resto!)
    Então, resumindo, com as ressalvas feitas referente ao tempDB e master que seriam realocados para o SSD SATA, todo o SSD NVME pode ser aproveitado exclusivamente para os "bancos" .mdf
    Aprovado? ;-)

    Agradeço a colaboração e os textos adicionais de todos, valeu!

    MLRamos,

    Ok, estamos aqui para aprender sempre, digo por conta própria. Abraços.


    Pedro Antonio Galvão Junior [MVP | MCC | MSTC | MIE | Microsoft Evangelist | Microsoft Partner | Engenheiro de Softwares | Especialista em Banco de Dados Relacional e Data Warehouse | Professor Universitário | @JuniorGalvaoMVP | http://pedrogalvaojunior.wordpress.com]

    sexta-feira, 6 de dezembro de 2019 21:02
    Moderador
  • Nossa, ficou agitado esse tópico! =)
    José Diz, tenho 32Gb RAM. Acredito que o padrão da instalação é deixar o tempDB no mesmo disco de dados, certo? Mas tentaria realocar para o SSD SATA em uma pasta específica, pois minha ideia é usar os 1Tb do SSD NVME apenas para dados "puros" (mdf).
    Junior Galvão, não me liguei do Master mas penso em fazer o mesmo que o tempDB explicado acima. Não conhecia sobre o resource, grato pela explicação. E, sim, tem 8 processadores lógicos.
    Jefferson Silva, é essa a ideia: NVME para .mdf e SATA para .ldf (na verdade todo o resto!)
    Então, resumindo, com as ressalvas feitas referente ao tempDB e master que seriam realocados para o SSD SATA, todo o SSD NVME pode ser aproveitado exclusivamente para os "bancos" .mdf
    Aprovado? ;-)

    Agradeço a colaboração e os textos adicionais de todos, valeu!

    MLRamos,

    "Acredito que o padrão da instalação é deixar o tempDB no mesmo disco de dados, certo?" 

    Você pode instalar em qualquer unidade de disco reconhecida fisicamente e lógicamente pelo SQL Server.

    Se quiser saber mais sobre como mover o TempDB para outros discos, acesse o link abaixo:

    Mover bancos de dados do sistema


    Pedro Antonio Galvão Junior [MVP | MCC | MSTC | MIE | Microsoft Evangelist | Microsoft Partner | Engenheiro de Softwares | Especialista em Banco de Dados Relacional e Data Warehouse | Professor Universitário | @JuniorGalvaoMVP | http://pedrogalvaojunior.wordpress.com]

    sexta-feira, 6 de dezembro de 2019 21:06
    Moderador