none
RELATORIO BUSINESS INTELLIGENCE RRS feed

  • Pergunta

  • BOM DIA PESSOAL, ESTOU DESENVOLVENDO UM BI ESTA QUASE TUDO PRONTO, TENHO O CUBO E AS DIMENSÕES TUDO LEGAL, ESTOU QUERENDO DESENVOLVER UMA APLICAÇÃO PARA A GERAÇÃO DE RELATORIOS PARECIDA COM O BROWSER DO BIDS(BUSINESS INTELLIGENCE DEVELOMENT STUDIO), E NÃO ACHEI NADA EM PARTICULAR, A MINHA PERGUNTA É O REPORT SERVICES FAZ ESSA PARTE OU NÃO EXEMPLO DE 10 DIMENSOES O USUARIO QUERER USAR APENAS 5 PARA FAZER O DETERMINADO RELATORIO E DEPOIS EM OUTRO MOMENTO UTILIZAR TODAS, ESTAVA DANDO UMA PESQUISADA E VI QUE O REPORT SERVICES GERA OS RELATORIOS POREM SÃO RELATORIOS PRONTOS NÃO DINAMICOS QUE DEPENDENDO DA OCASIÃO DO USUARIO O RELATORIO SAI DE UM JEITO.

    O PROJETO VAI SER EM DESKTOP, EM TERMOS ACHO MAIS FACIL, MAS NÃO TENHO CERTEZA, VCS ACHAM MELHOR EU TENTAR DESENVOLVER UMA APLICAÇÃO ONDE MANIPULAM OS DADOS E GERE OS RELATORIOS, GRAFICOS E ETC, OU UTILIZAR O REPORT SERVICES?

    PESQUISEI O POWER PIVOT MAS NÃO GOSTEI MUITO, NÃO SEI SE OS CLIENTES DISPOEM DO OFFICE 2010. GOSTARIA DE CRIAR UMA FERRAMENTA ONDE É SÓ UTILIZAR COM UM EXECUTAVEL E TUDO MAIS.

    SE ALGUEM TIVER ALGUMA EXPERIENCIA AGRADEÇO

    GRATO.

    quinta-feira, 15 de março de 2012 15:37

Respostas

  • Boa tarde ThisDerb,

    Você pode tentar utilizar os parametros do report services para o usuário decidir quantas dimensões deseja, porém a aplicação disso pode ser muito trabalhosa.

    Para se ter algo mais dinâmico aconselho criar um projeto (em qualquer linguagem) que torne a criação dos relatórios mais dinâmicos, como você já havia mencionado.

    Utilizando de aplicações mais complexas (como em delphi) até mais simples como em flash. Com a segunda opção, você pode fazer de forma mais dinâmica possível, com eventos de clicar e arrasta e tudo mais.


    Rodrigo Ataíde.

    • Marcado como Resposta Richard Juhasz sexta-feira, 25 de janeiro de 2013 16:04
    quinta-feira, 15 de março de 2012 17:12
  • ThisDerb,

    O que você não gostou do PowerPivot?

    Ao meu ver você poderia de dentro do Excel trabalhar com estas estrutura dinâmicas apresentando os dados da forma que entender mais indicada, criando gráficos, filtros, ordenações e até mesmo planilhas com base em resultado.


    Pedro Antonio Galvão Junior [MVP | Microsoft Evangelist | Microsoft Partner | Engenheiro de Softwares | Especialista em Banco de Dados | SorBR.Net | Professor Universitário | MSIT.com]

    • Marcado como Resposta Richard Juhasz sexta-feira, 25 de janeiro de 2013 16:04
    quinta-feira, 15 de março de 2012 19:35
  • Recomendo postar na forum de analysis services e BI tambem, já talvez tenham mais dicas sobre outras ferramentas.

    Com relação ao SSRS, em geral os relatórios vao ser mais estaticos, podendo ser configurados via parâmetros como disse o Rodrigo, e navegação através de drillthroughs. Os parâmetros são muito bons para selecionar os dados que você quer mostrar, mas não para alterar a estrutura do relatorio. O que você pode fazer para ajudar os usuários é disponibilizar Shared Datasets com consultas prontas, e usar a report part gallery para criar partes de relatorios, assim os usuários podem "montar" o relatório com componentes preparados.

    Outra alternativa como eu disse em outro post é criar um semantic model e usar o report builder 1, que faz drillthroughs automaticos. Dinamismo da forma que você procura acho que seria melhor com Power View ou power pivot, onde o próprio usuário vai ter liberdade em um ambiente conhecido (caso do powerpivot, no excel).

    Você comentou de fazer uma aplicação que manipule os dados e gere os relatorios, nesse caso você ate poderia fazer a sua aplicação gerar relatórios do ssrs, já que o relatório segue um formato xml aberto, que pode ser manipulado relativamente fácil, você pode usar também o reportviewer para integrar relatórios a sua app desktop.

    Att

    Boreki


    Boreki[MSFT] - SQL Server Reporting Services

    • Marcado como Resposta Richard Juhasz sexta-feira, 25 de janeiro de 2013 16:04
    quinta-feira, 15 de março de 2012 22:07

Todas as Respostas

  • Boa tarde ThisDerb,

    Você pode tentar utilizar os parametros do report services para o usuário decidir quantas dimensões deseja, porém a aplicação disso pode ser muito trabalhosa.

    Para se ter algo mais dinâmico aconselho criar um projeto (em qualquer linguagem) que torne a criação dos relatórios mais dinâmicos, como você já havia mencionado.

    Utilizando de aplicações mais complexas (como em delphi) até mais simples como em flash. Com a segunda opção, você pode fazer de forma mais dinâmica possível, com eventos de clicar e arrasta e tudo mais.


    Rodrigo Ataíde.

    • Marcado como Resposta Richard Juhasz sexta-feira, 25 de janeiro de 2013 16:04
    quinta-feira, 15 de março de 2012 17:12
  • ThisDerb,

    O que você não gostou do PowerPivot?

    Ao meu ver você poderia de dentro do Excel trabalhar com estas estrutura dinâmicas apresentando os dados da forma que entender mais indicada, criando gráficos, filtros, ordenações e até mesmo planilhas com base em resultado.


    Pedro Antonio Galvão Junior [MVP | Microsoft Evangelist | Microsoft Partner | Engenheiro de Softwares | Especialista em Banco de Dados | SorBR.Net | Professor Universitário | MSIT.com]

    • Marcado como Resposta Richard Juhasz sexta-feira, 25 de janeiro de 2013 16:04
    quinta-feira, 15 de março de 2012 19:35
  • Recomendo postar na forum de analysis services e BI tambem, já talvez tenham mais dicas sobre outras ferramentas.

    Com relação ao SSRS, em geral os relatórios vao ser mais estaticos, podendo ser configurados via parâmetros como disse o Rodrigo, e navegação através de drillthroughs. Os parâmetros são muito bons para selecionar os dados que você quer mostrar, mas não para alterar a estrutura do relatorio. O que você pode fazer para ajudar os usuários é disponibilizar Shared Datasets com consultas prontas, e usar a report part gallery para criar partes de relatorios, assim os usuários podem "montar" o relatório com componentes preparados.

    Outra alternativa como eu disse em outro post é criar um semantic model e usar o report builder 1, que faz drillthroughs automaticos. Dinamismo da forma que você procura acho que seria melhor com Power View ou power pivot, onde o próprio usuário vai ter liberdade em um ambiente conhecido (caso do powerpivot, no excel).

    Você comentou de fazer uma aplicação que manipule os dados e gere os relatorios, nesse caso você ate poderia fazer a sua aplicação gerar relatórios do ssrs, já que o relatório segue um formato xml aberto, que pode ser manipulado relativamente fácil, você pode usar também o reportviewer para integrar relatórios a sua app desktop.

    Att

    Boreki


    Boreki[MSFT] - SQL Server Reporting Services

    • Marcado como Resposta Richard Juhasz sexta-feira, 25 de janeiro de 2013 16:04
    quinta-feira, 15 de março de 2012 22:07