none
SGBD com + de dois milhões de registros RRS feed

  • Pergunta

  • E ai galera blz,

    Vou ter um software que armazenara a radiação solar de certos pontos

    Estrutura básica da tabela Radiação

    --> campos
    * idRad - int
    * lat - float
    * lon - float
    * mes - int
    * ano - int
    * radDia1 - float
    * radDia2 - float
    * ...
    * radDia30 - float
    * radDia31 - float


    Supondo que o minha tabela tivesse mais de 2.000.00 (dois milhoes) de registros e que também no mínimo 35 campos como o exemplo acima , qual seria o SGBD gratuito mais recomendado
    -> Mysql ou Postgree


    falows
    quinta-feira, 17 de maio de 2007 15:55

Respostas

  •  

    Oi !

     

    Se você tem a necessidade de ter 2.000.000 de registros na sua base de dados, então sugiro por a mão no bolso e comprar um SGBD pago, especialmente porque você provavelmente vai precisar de recursos de BI e tem isso disponível com SQL Server.

     

    Confira a atuação dos bancos de dados em http://www.tpc.org/

     

    Mas vale lembrar um detalhe muito importante : MySQL não é gratuito. A gratuidade do MySQL exige que você abra o código fonte da sua aplicação na internet. Se não é sua intenção abrir o código fonte da sua aplicação, então você precisará pagar pelas licenças do MySQL. Esta informação está contida nas informações de licenciamento no site do MySQL

     

    []'s

    quinta-feira, 17 de maio de 2007 20:36

Todas as Respostas

  •  

    Oi !

     

    Se você tem a necessidade de ter 2.000.000 de registros na sua base de dados, então sugiro por a mão no bolso e comprar um SGBD pago, especialmente porque você provavelmente vai precisar de recursos de BI e tem isso disponível com SQL Server.

     

    Confira a atuação dos bancos de dados em http://www.tpc.org/

     

    Mas vale lembrar um detalhe muito importante : MySQL não é gratuito. A gratuidade do MySQL exige que você abra o código fonte da sua aplicação na internet. Se não é sua intenção abrir o código fonte da sua aplicação, então você precisará pagar pelas licenças do MySQL. Esta informação está contida nas informações de licenciamento no site do MySQL

     

    []'s

    quinta-feira, 17 de maio de 2007 20:36
  • Só queria acrescentar também a resposta acima o seguinte.

    Um banco com 2 milhões de registros deve ter um bom valor também. No caso de um banco gratuíto, você deve analisar bem as cláusulas de uso, pois de esse banco corromper e você tiver perda, quem você vai acionar ?

    Nesse caso, realmente eu pensaria num banco de dados pago

    segunda-feira, 21 de maio de 2007 16:08
  • Completando ...

    Se esse banco corromper por problemas no próprio SGBD, quem você vai acionar ?

    segunda-feira, 21 de maio de 2007 16:10
  • Bem amigo nesse caso acho que eu tenho experiência para falar, o Postgresql substitui o Oracle em 90% dos casos se trtando de recursos, o MySQL possue a velocidade do Oracle mais de longe possue recursos sofisticados, ambos são livres, conheço muitas empresas bem sucedidas com ambos SGDB (www.dextra.com.br) no entanto nenhum dos dois possuem ferramentas e nem integração suficiente com o visual studio e o framework para serem produtivos (traduzindo prepare-se para programar!), como nossos amigos já disseram para quem vc reclamaria se algo acontecer com as informações? Para te ajudar na escolha mando a sequencia de por order do melhor para pior em se tratando de banco de dados, essas informações são de um estudo realisado recentemente:

     

    Oracle - DB2 - MSSQLServer - Postgresql - MySql

     

    Vale lembrar que no estudo o Sybase não estava no entanto acredito que ele esteja na mesma categoria do DB2 e SQLServer.

    quarta-feira, 30 de maio de 2007 23:30
  • Oi !

     

    Apenas acrescentando : O MySQL, apesar de ser classificado como software livre, não é gratuito.

     

    Ele apenas pode ser utilizado gratuitamente se você abrir seu código fonte na web. Do contrário você tem que pagar pela licença e se não fizer, esta pirateando.

     

    Isso está nas informações sobre licenciamento do próprio site do MySQL.

     

    []'s

     

    quinta-feira, 31 de maio de 2007 01:17