none
Problemas ao mover instancias entre nós. RRS feed

  • Pergunta

  • Ola Pessoal,

    Vou explicar o cenario para melhor descrever o problema.

    1) Tenho um cluster com dois nós o Server01 e Server02, e claro também tenho duas instancias do SQL Server SQL01 e SQL02, cada instancia fica  em seu respectivo nó o SQL01 fica sobre o no Server01 e o nó SQL02 fica sobre o nó Server02. 

    2) Determinado tempo precisamos colocar as duas instancias sobre o nó Server02. até ai tudo bem.

    3) Quando voltaram as instancias para os seus devidos nós inverteram as mesmas, colocaram sobre o nó Server01 a instancia SQL02 e sobre o nó Server02 a instancia SQL01.

    4) Agora o problema é que nao conseguimos mais colocar a instancia SQL01 sobre o nó Server01.

    5) Lembrando que é possivel eu colocar a instancia SQL02 sobre o nó Server02.

    6) Quando eu tento realizar o processo 4 de mover a instancia SQL01 para o nó Server01 recebo a seguinte mensagem: "The Cluster service failed to bring clustered service or application 'SQL Server (XXXX)' completely online or offline. One or more resources may be in a failed state. This may impact the availability of the clustered service or application."

    Como eu nao sou tão habituado com cluster, nao sei por onde começar, ou o que pode ser esse problema.

    Se alguem puder me ajudar agradeço.

     

    Att,
    Marcos Freccia

     

     

    terça-feira, 14 de junho de 2011 20:34

Respostas

  • Marcos,

    Em relação a sua dúvida, você destacou sobre a utilização de contas diferentes para cada serviço, eu particularmente não faço isso, o que eu faço é criar uma nova conta de usuário, configurar esta conta com perfil indicado para trabalhar com serviços do windows, posteriormente eu atribuo esta conta como uma conta de login dos serviços do sql server.


    Pedro Antonio Galvão Junior [MVP | Microsoft Evangelist | Microsoft Partner | Engenheiro de Softwares | Especialista em Banco de Dados | SorBR.Net | Professor Universitário | MSIT.com]
    sexta-feira, 17 de junho de 2011 23:35
    Moderador
  • Boa Noite Marcos,

    Não há nenhuma obrigatoriedade que as contas do SQL Server e do SQL Agent sejam administradoras da máquina. O importante é que as contas estejam com login e senha corretos e que sempre sejam alterados pelo Configuration Manager e nunca pelas Ferramentas Administrativas (Services). O configuration manager se encarrega de dar as permissões corretamente às contas cadastradas.

    Muitas vezes a segurança é inversamente proporcional à administração. Do ponto de vista de segurança, utilizar uma conta para cada serviço pode ser ótimo, pois, você terá o acesso corretamente segmentado. Por outro lado, duas instâncias significam quatro serviços e isso significa quatro contas. Do ponto de vista de administração, isso pode ser um incômodo. A boa implementação é a que trás certa razoabilidade entre esses dois lados.

    Especificamente entre o SQL Server e o SQL Agent não costumo criar uma conta pra cada por entender que na quase totalidade das situações, eles terão praticamente às mesmas permissões e por isso acabo utilizando uma única conta por simplicidade. Isso não significa que você tenha que utilizar uma superconta, mas apenas indico a mesma conta. Não coloco a conta como administrador de domínio por exemplo, pois, não há necessidade (muitas vezes até o privilégio de administrador local é dispensável para as contas de serviço).

    [ ]s,

    Gustavo Maia Aguiar
    http://gustavomaiaaguiar.wordpress.com


    Classifique as respostas. O seu feedback é imprescindível
    sábado, 18 de junho de 2011 00:06

Todas as Respostas

  • Marcos,

    Quando você moveu a instância do SQL01 para o SQL02, você esta querendo dizer que instalou no SQL02 mais uma instância?


    Pedro Antonio Galvão Junior [MVP | Microsoft Evangelist | Microsoft Partner | Engenheiro de Softwares | Especialista em Banco de Dados | SorBR.Net | Professor Universitário | MSIT.com]
    terça-feira, 14 de junho de 2011 23:12
    Moderador
  • Ola Junior..

    Então até me desculpe por algum termo, porque eu sou bem leigo em cluster, mas respondendo a sua pergunta eu acredito que sim, esse SQL02 foi mais um nó do SQL Server que foi adicionado.

     

    Esta certo o que eu falei? :)

     

    Obrigado pela ajuda.

    Marcos Freccia

    terça-feira, 14 de junho de 2011 23:36
  • Marcos,

     

    Que isso cara sem problemas, eu também não sou um especialista em cluster, estou aprendendo ainda!!!

    O que eu fiquei na dúvida, foi se no SQL02 você instalou uma nova instância!!! Acredito que tenha sido feito isso. Foi isso mesmo?


    Pedro Antonio Galvão Junior [MVP | Microsoft Evangelist | Microsoft Partner | Engenheiro de Softwares | Especialista em Banco de Dados | SorBR.Net | Professor Universitário | MSIT.com]
    terça-feira, 14 de junho de 2011 23:57
    Moderador
  • Ola Junior,

    Pelo o que estive olhando acredito que sim foi uma outra instancia instalada. No Management Studio aparece assim: SQL01\Inst01 e SQL02\Inst02.

    Obrigado,

    Marcos Freccia

    quarta-feira, 15 de junho de 2011 10:35
  • Bom Dia,

    Considerando que SQL Server (XXXX) seja o recurso SQL Server e não o grupo, ao que me parece, o Cluster não conseguiu parar a instância SQL01\Inst01 no nó Server02 e (ou) subí-la corretamente no nó Server01. Como o recurso que deu problema foi o próprio SQL Server (não foi um IP, um nome nem um disco), eu sugiro que você dê uma olhada no Errorlog do SQL Server após uma dessas tentativas "frustadas". Ele pode revelar mais detalhes do porquê da falha do serviço.

    Apenas por curiosidade, como estão mapeadas as dependências do serviço do SQL Server no cluster, ou seja, de que recursos o serviço SQL01\Inst01 depende para poder subir ?

    Se SQL Server (XXXX) for o grupo e não o recurso, então você deve observar no momento do MOVE qual dos recursos (IP, nome, disco, SQL Server, etc) não está parando ou subindo adequadamente.

    [ ]s,

    Gustavo Maia Aguiar
    http://gustavomaiaaguiar.wordpress.com


    Classifique as respostas. O seu feedback é imprescindível

    quarta-feira, 15 de junho de 2011 10:49
  • Gustavo,

    Eu estava pesquisando nos logs do Event Viewer e vi que quando tentaram mover as instancias entre nós aconteceu um erro que continha um codigo de numero (42d). Pesquisando sobre isso falaram que esse 42D era um numero hexadecimal que convertido para decimal dava 1069. Via cmd atraves de net helpmsg 1069, a mensagem diz o seguinte: The serviçe did not start due to a logon failure. Fui diretamente analisar as contas dos Serviços do Agent e SQL Server e alem de serem diferentes serviços, eles nao pertenciam a um dominio de administradores da maquina. Ainda nao consegui uma janela para realizar o teste depois que eu configurar os serviços corretamente. Mas o que você me diria sobre isso?

    Uma outra duvida é se é uma boa pratica ter uma conta diferente para cada serviço?

     

    Att,
    Marcos Freccia

    sexta-feira, 17 de junho de 2011 13:39
  • Marcos,

    Em relação a sua dúvida, você destacou sobre a utilização de contas diferentes para cada serviço, eu particularmente não faço isso, o que eu faço é criar uma nova conta de usuário, configurar esta conta com perfil indicado para trabalhar com serviços do windows, posteriormente eu atribuo esta conta como uma conta de login dos serviços do sql server.


    Pedro Antonio Galvão Junior [MVP | Microsoft Evangelist | Microsoft Partner | Engenheiro de Softwares | Especialista em Banco de Dados | SorBR.Net | Professor Universitário | MSIT.com]
    sexta-feira, 17 de junho de 2011 23:35
    Moderador
  • Boa Noite Marcos,

    Não há nenhuma obrigatoriedade que as contas do SQL Server e do SQL Agent sejam administradoras da máquina. O importante é que as contas estejam com login e senha corretos e que sempre sejam alterados pelo Configuration Manager e nunca pelas Ferramentas Administrativas (Services). O configuration manager se encarrega de dar as permissões corretamente às contas cadastradas.

    Muitas vezes a segurança é inversamente proporcional à administração. Do ponto de vista de segurança, utilizar uma conta para cada serviço pode ser ótimo, pois, você terá o acesso corretamente segmentado. Por outro lado, duas instâncias significam quatro serviços e isso significa quatro contas. Do ponto de vista de administração, isso pode ser um incômodo. A boa implementação é a que trás certa razoabilidade entre esses dois lados.

    Especificamente entre o SQL Server e o SQL Agent não costumo criar uma conta pra cada por entender que na quase totalidade das situações, eles terão praticamente às mesmas permissões e por isso acabo utilizando uma única conta por simplicidade. Isso não significa que você tenha que utilizar uma superconta, mas apenas indico a mesma conta. Não coloco a conta como administrador de domínio por exemplo, pois, não há necessidade (muitas vezes até o privilégio de administrador local é dispensável para as contas de serviço).

    [ ]s,

    Gustavo Maia Aguiar
    http://gustavomaiaaguiar.wordpress.com


    Classifique as respostas. O seu feedback é imprescindível
    sábado, 18 de junho de 2011 00:06
  • Maia,

    Concordo com você o importante é que a conta de usuário consiga inicializar os serviços.


    Pedro Antonio Galvão Junior [MVP | Microsoft Evangelist | Microsoft Partner | Engenheiro de Softwares | Especialista em Banco de Dados | SorBR.Net | Professor Universitário | MSIT.com]
    terça-feira, 21 de junho de 2011 22:32
    Moderador