none
Controle de versão - Pacotes do SSIS na nuvem RRS feed

  • Pergunta

  • Pessoal,

    algum de vocês já implementaram o TFS para os pacotes do Integration Services na Nuvem? Estou pensando em implementar esse recurso para poder acessá-los de qualquer lugar, a idéia é que o profissional trabalhe home office e acesse os pacotes e cubos de onde estiver.

    Em caso de afirmativo, podem compartilhar essas informações?

    terça-feira, 23 de abril de 2013 04:22

Respostas

  • Leonardo,

    Putz, entendi, é então as coisas mudam, mas é possível sim fazer, o Marcelo Azuma tem um post justamente sobre isso: 

    http://marceloazuma.wordpress.com/2013/01/14/visual-studio-2012-team-foundation-server-no-windows-azure/


    Pedro Antonio Galvão Junior [MVP | Microsoft Evangelist | Microsoft Partner | Engenheiro de Softwares | Especialista em Banco de Dados | SorBR.Net | Professor Universitário | MSIT.com]

    terça-feira, 23 de abril de 2013 18:52
    Moderador
  • Leonardo, excelente dica do Junior. Eu também nunca utilizei o TFS no azure, mas sim é possível fazer isto. Uma coisa que me preocupa é o banco de dados de dev. Vc citou que o SQL ficará nas estações de trabalho dos desenvolvedores. Acho complicado este modelo, pois criação/manutenção de pacotes SSIS envolve alteração de tabelas, criação de campos, enfim. Existe uma interação muito grande com os objetos do SQL. Recomendo deixar também o banco de dados no Azure. Desta forma, toda as alterações realizadas no banco ficará centralizada em um único lugar e o desenvolvedor que tentar rodar um pacote e der algum erro, isto será o sinal que a versão do pacote que ele possui em sua máquina está desatualizado. Sempre haverá um sincronismo entre os pacotes e o banco de dados. Infelizmente o SQL azure não suporta O CDC (Change Data Capture), que é uma feature do SQL para controlar alterações nas tabelas, mas vc pode utilizar trigger's para controlar estas alterações.

    Abs.


    Eduardo Gomes - http://www.h1solucoes.com.br - Twitter: @edugp_sp

    quarta-feira, 24 de abril de 2013 22:05

Todas as Respostas

  • Leonardo,

    O TFS eu não utilizei mas o SSIS na Nuvem sim, e foi muito tranquilo.

    O que realmente você precisa?


    Pedro Antonio Galvão Junior [MVP | Microsoft Evangelist | Microsoft Partner | Engenheiro de Softwares | Especialista em Banco de Dados | SorBR.Net | Professor Universitário | MSIT.com]

    terça-feira, 23 de abril de 2013 17:11
    Moderador
  • Junior,

    preciso controlar as versões dos pacotes do SSIS e cubos do SSAS na nuvem, ou seja, salva-los na internet para que fiquem acessíveis de qualquer lugar, entendeu?

    terça-feira, 23 de abril de 2013 17:38
  • Leonardo,

    Cara neste caso, você vai utilizar o Windows Azure com uma máquina Windows Server com o SQL Server já instalado, adicione todas as funcionalidades necessários e configure os Endpoint no Portal do Azure liberando a porta 1433 e também no seu Servidor.


    Pedro Antonio Galvão Junior [MVP | Microsoft Evangelist | Microsoft Partner | Engenheiro de Softwares | Especialista em Banco de Dados | SorBR.Net | Professor Universitário | MSIT.com]

    terça-feira, 23 de abril de 2013 18:25
    Moderador
  • Junior,

    mas o controle de versão não seria feito pelo TFS? No meu entendimento, o SQL Server seria utilizado pelos usuários em suas estações de trabalho, o que eu quero é versionar os pacotes e deixá-los na nuvem, entendeu?

    terça-feira, 23 de abril de 2013 18:45
  • Leonardo,

    Putz, entendi, é então as coisas mudam, mas é possível sim fazer, o Marcelo Azuma tem um post justamente sobre isso: 

    http://marceloazuma.wordpress.com/2013/01/14/visual-studio-2012-team-foundation-server-no-windows-azure/


    Pedro Antonio Galvão Junior [MVP | Microsoft Evangelist | Microsoft Partner | Engenheiro de Softwares | Especialista em Banco de Dados | SorBR.Net | Professor Universitário | MSIT.com]

    terça-feira, 23 de abril de 2013 18:52
    Moderador
  • Leonardo, excelente dica do Junior. Eu também nunca utilizei o TFS no azure, mas sim é possível fazer isto. Uma coisa que me preocupa é o banco de dados de dev. Vc citou que o SQL ficará nas estações de trabalho dos desenvolvedores. Acho complicado este modelo, pois criação/manutenção de pacotes SSIS envolve alteração de tabelas, criação de campos, enfim. Existe uma interação muito grande com os objetos do SQL. Recomendo deixar também o banco de dados no Azure. Desta forma, toda as alterações realizadas no banco ficará centralizada em um único lugar e o desenvolvedor que tentar rodar um pacote e der algum erro, isto será o sinal que a versão do pacote que ele possui em sua máquina está desatualizado. Sempre haverá um sincronismo entre os pacotes e o banco de dados. Infelizmente o SQL azure não suporta O CDC (Change Data Capture), que é uma feature do SQL para controlar alterações nas tabelas, mas vc pode utilizar trigger's para controlar estas alterações.

    Abs.


    Eduardo Gomes - http://www.h1solucoes.com.br - Twitter: @edugp_sp

    quarta-feira, 24 de abril de 2013 22:05