none
Outras opções de fóruns RRS feed

  • Pergunta

  • Alguém conhece outros fóruns relacionados a C++, C++/CLI de preferência em português?

    O fórum msdn está muito parado, os unicos que respondem perguntas são o Cox e o Fabio Galupo, sem eles o forum para. Já imaginou quando os dois resolverem viajar de férias? Um mês sem respostas no fórum.

     

    Falow.


    Automação Comercial com Visual C++.NET e MFC!!!!! Masoquismo?
    domingo, 6 de junho de 2010 13:02

Respostas

  • Existe outros com certeza! Tente: http://groups.google.com/group/ccppbrasil

    No entanto, eu recomendo este aqui para assuntos de programação Windows com Visual C++, C++/CLI. Normalmente os fóruns de C++ são sobre C++ linguagem, padrão, etc... Então este hub é bom para o foco no Windows.

    Bem, acho que outras pessoas tbm respondem por aqui. A idéia é continuarmos mantendo um ótimo fluxo de informações por aqui. Para mostrar para Microsoft que o Visual C++ É UMA FERRAMENTA IMPORTANTE...

    Grande abraço,

    Fabio Galuppo


    Fabio Galuppo
    • Marcado como Resposta matheusssilva terça-feira, 8 de junho de 2010 15:35
    segunda-feira, 7 de junho de 2010 21:49
  • Ótimo Matheus, muito bom continuar suportando o fórum!

    Sobre C++/CLI, eu investi um tempo considerável nele - inclusive fiz um projeto que realmente usa as funcionalidades relevantes dele. Como linguagem com suporte a .NET, a adaptação ficou muito boa. Mas a MS não tem plano de evoluí-la - pelo menos até onde eu sei. Ela faz um papel muito bom - MELHOR do que todas as outras opções - para interoperabilidade, mas no geral para usar .NET puramente é melhor o C#. C# tem todo suporte no Visual Studio (WPF, Silverlight, etc...) e o C++/CLI somente Windows Forms. 

    Sugestão:

    1. Código Nativo - somente C++

    2. Suporte de Código Nativo para Código Gerenciado - por exemplo, encapsular uma sequencia de chamadas APIs nativa para .NET, pode usar C++/CLI. Aqui é só na forma de biblioteca de suporte que vale realmente a pena (.dll). Outro cenário, é para criação de serviços do NT (equivalente a daemons), ou seja, tudo que não tiver interface gráfica e não tiver suporte direto de recursos da IDE pode ser feito em C++/CLI. No entanto, para estas alternativas, excluindo interop, você pode investir em F# tbm :-)

    3. Código Gerenciado - qualquer alternativa que suporte o Visual Studio efetivamente. Ai vale C#, F#, VB, etc... Para os programadores C++ acho que o C# seria a melhor alternativa.

    Como vc deve migrar coisas de Automação Comercial, existem rotinas que deve falar com recursos nativos, por exemplo: impressora, etc... Este tipo de código você pode fazer em C++/CLI. Agora a parte de interface gráfica, ou você faz com .NET ou MFC. Eu particularmente não gosto de MFC, mas no Visual Studio 2010 o suporte está muito bom.

    Resumindo, só entenda do C++/CLI a parte de Interoperabilidade. E concentre seus esforço em C++ quando código nativo, ou C# (ou outra alternativa) quando código gerenciado.

     

     


    Fabio Galuppo
    • Marcado como Resposta matheusssilva terça-feira, 8 de junho de 2010 15:35
    terça-feira, 8 de junho de 2010 13:45

Todas as Respostas

  • Existe outros com certeza! Tente: http://groups.google.com/group/ccppbrasil

    No entanto, eu recomendo este aqui para assuntos de programação Windows com Visual C++, C++/CLI. Normalmente os fóruns de C++ são sobre C++ linguagem, padrão, etc... Então este hub é bom para o foco no Windows.

    Bem, acho que outras pessoas tbm respondem por aqui. A idéia é continuarmos mantendo um ótimo fluxo de informações por aqui. Para mostrar para Microsoft que o Visual C++ É UMA FERRAMENTA IMPORTANTE...

    Grande abraço,

    Fabio Galuppo


    Fabio Galuppo
    • Marcado como Resposta matheusssilva terça-feira, 8 de junho de 2010 15:35
    segunda-feira, 7 de junho de 2010 21:49
  • Blz fabio, valeu pela dica de forum, bem podem contar comigo para movimentar, em breve estarei iniciando a migração de algumas aplicações feitas em clipper para o windows usando Visual C++, algumas farei em nativo puro outras em puro managed. Quero ganhar experiência nas duas plataformas, então podem esperar muita movimentação da minha parte por aqui e espero poder contar com a ajuda de vocês.

    Alguém pode vim me dizer pra usar outra ferramenta, mas cara, eu gosto de escovar bits, fazer o que. Além do que sou desenvolvedor autonomo então não tenho tanto problema com prazo, pois essa migração é uma iniciativa minha mesmo. São sistemas que desenvolvi em clipper e agora quero migralos para windows, axo que já passou da hora de fazer isso e tb pq me parece que a microsoft ta diminuindo cada vez mais o suport com aplicações MS-DOS.

    Aproveitando a sua presença fabio, gostaria de ter a sua opnião como mais experiênte com relação ao futuro do C++/CLI. Você ja deve ter percebido que a MS não deu suporte de IntelliSense para C++/CLI no VS2010. Muitos por ai estão achando que isso é sinal de uma futura descontinuação. Você acredita nisso? C++/CLI corre mesmo o risco de ser descontinuado?

     

    Valew brother.


    Automação Comercial com Visual C++.NET e MFC!!!!! Masoquismo?
    terça-feira, 8 de junho de 2010 00:15
  • Ótimo Matheus, muito bom continuar suportando o fórum!

    Sobre C++/CLI, eu investi um tempo considerável nele - inclusive fiz um projeto que realmente usa as funcionalidades relevantes dele. Como linguagem com suporte a .NET, a adaptação ficou muito boa. Mas a MS não tem plano de evoluí-la - pelo menos até onde eu sei. Ela faz um papel muito bom - MELHOR do que todas as outras opções - para interoperabilidade, mas no geral para usar .NET puramente é melhor o C#. C# tem todo suporte no Visual Studio (WPF, Silverlight, etc...) e o C++/CLI somente Windows Forms. 

    Sugestão:

    1. Código Nativo - somente C++

    2. Suporte de Código Nativo para Código Gerenciado - por exemplo, encapsular uma sequencia de chamadas APIs nativa para .NET, pode usar C++/CLI. Aqui é só na forma de biblioteca de suporte que vale realmente a pena (.dll). Outro cenário, é para criação de serviços do NT (equivalente a daemons), ou seja, tudo que não tiver interface gráfica e não tiver suporte direto de recursos da IDE pode ser feito em C++/CLI. No entanto, para estas alternativas, excluindo interop, você pode investir em F# tbm :-)

    3. Código Gerenciado - qualquer alternativa que suporte o Visual Studio efetivamente. Ai vale C#, F#, VB, etc... Para os programadores C++ acho que o C# seria a melhor alternativa.

    Como vc deve migrar coisas de Automação Comercial, existem rotinas que deve falar com recursos nativos, por exemplo: impressora, etc... Este tipo de código você pode fazer em C++/CLI. Agora a parte de interface gráfica, ou você faz com .NET ou MFC. Eu particularmente não gosto de MFC, mas no Visual Studio 2010 o suporte está muito bom.

    Resumindo, só entenda do C++/CLI a parte de Interoperabilidade. E concentre seus esforço em C++ quando código nativo, ou C# (ou outra alternativa) quando código gerenciado.

     

     


    Fabio Galuppo
    • Marcado como Resposta matheusssilva terça-feira, 8 de junho de 2010 15:35
    terça-feira, 8 de junho de 2010 13:45
  • Pqp brow, eu esperava mais do C++/CLI, é decepcionante saber que a microsoft não investe nele para que se tenha as mesmas funcionalidade que se tem com C#.

    Cara, eu tenho uma rincha pessoal com o C#, ondeio a sintax dele, clone do java, parece até um caso tipico de dor de cotovelo. Não é em vão que o CodeNome dele era KillerJava. Admiro muito a plataforma .NET mas minha opnião pessoal é que o C# é patético copiaram quase tudo do java, de 0 a 10 nota 1 em autenticidade.

    Bem de qualquer forma continuarei com os planos, como são aplicações de automação que geralmente usam apenas windows forms, C++/CLI é mais que o suficiente. Servirá para pelomenos ganhar experiência com C++/CLI. Além do que, já será uma grande evolução pois as aplicações ganharão interface gráfica, já to enjoando de ver uns clientes chorando dizendo "quero usar o mouse", "não da pra ficar igual windows?" :), etc... Sem falar que a partir do windows vista não é mais possivel deixar aplicações MS-DOS em tela cheia.

    Em futuras novas versões eu decido que caminho seguir, mas devido a minha antipatia com C# a possibilidade mais provavel é que caia paro lado nativo.

    Quanto ao F# pelo que li sobre ele, parece ser uma linguagem poderosissima capaz de desbancar até a favoritinha da mamãe C#, porém ela aparenta ser mais complexa que C++. O estranho é que ainda não existe comunidade dela aqui e o Visual Studio ainda não fornece um suporte de qualidade para ela.


    Automação Comercial com Visual C++.NET e MFC!!!!! Masoquismo?
    terça-feira, 8 de junho de 2010 15:07
  • "Ela faz um papel muito bom - MELHOR do que todas as outras opções - para 
    interoperabilidade, mas no geral para usar .NET puramente é melhor o C#. C# tem todo
    suporte no Visual Studio (WPF, Silverlight, etc...)"

    Só para esclarecer, a coisa não é totalmente impossivel o problema é que o Visual Studio infelizmente não fornece ferramentas para facilitar essa integração. Mas é perfeitamente possivel usar WPF com C++/CLI, aqui tem um exemplo.
    O problema é que não existe um designer e você terá que fazer tudo no braço. Provavelmente tb existe formas de usar Silverlight com c++/cli mas vai ter que ser no braço.

    ".NET independent de linguagem" parece que isso é só na teoria pq na prática.......

     

    Ao meu ver independência de linguagem seria recursos iguais para todas as linguagens e ficaria a cargo do usuário escolher a que mais lhe agradasse.


    Automação Comercial com Visual C++.NET e MFC!!!!! Masoquismo?
    terça-feira, 8 de junho de 2010 22:58
  • Na verdade não é impossível, mas como disse será "feito no braço"... Saindo de um Empty project, vc consegue fazer qq coisa.

    Até mesmo C++/CLI com XNA: http://fabiogaluppo.spaces.live.com/blog/cns!B671A4645AF2F2F4!154.entry

    Infelizmente ou não, o pessoal do Visual C++ prefere investir mais na parte nativa... o que é muito bom no meu ponto de vista! Os recursos de investimento sempre são limitados, então gaste-os onde realmente faz a diferença. E no geral, há poucos cases de C++/CLI no mercado para justificar um investimento maior... Quem sabe um dia haverá um aperfeiçoamento ou evolução dela.

    Como disse anteriormente, investi boa parte do tempo para dominar C++/CLI, mas é dificil escrever codigo legal em .NET sem usar recursos como Lambda, inferencia de tipos, anonymous types e LINQ. No começo (1.0 e 1.1) o C# era mais parecido com Java, a partir do 2.0 ele cresceu e tem caracteristicas próprias bem interessantes.


    Fabio Galuppo
    quinta-feira, 10 de junho de 2010 14:07