none
Dúvida com código de barras RRS feed

  • Pergunta

  • É o seguinte, estou desenvolvendo um sistema de estoque e ele vai funcionar cadastrando os produtos pelo código de barras. O problema é: O "Certo" seria ele ler o código de barras e já identificar se aquele codigo de barras é de um teclado, mouse, notebook etc. Pelo o que me passaram, por exemplo, a DELL possui um padrão para cada produto. Exemplo: o código de barras começa com "TG18 (...)" siginifica que é um teclado.."TG25" é um mouse...gostaria só de confirmar essa afirmação (para todos os produtos de todas as marcas - HP, LENOVO, ETC) e se assim for, eu teria que cadastrar esse codigo manualmente antes de entregar o software? EXEMPLO: "Se (codigoBarras """""começar""""" com TG18) > Produto = Teclado"...seria algo desse tipo?

    Valeu


    Thiago Rodrigo

    quinta-feira, 23 de maio de 2013 00:43

Respostas

  • Alguém me tira essa duvida então..Por exemplo, se eu tiver 10 teclados da DELL, os 10 serão o mesmo código de barras certo??? 

    O objetivo do código de barras é identificar mundialmente um produto através de um identificador, o padrão utilizado no Brasil é o EAN-13, utilizado em notas fiscais e etc.

    Aqui um pouco sobre código de barras http://pt.wikipedia.org/wiki/C%C3%B3digo_de_barras

    sendo assim para cada produto eu terei que cadastrar ao menos uma vez o código de barras com todas as informações e daí sim quando eu bater o código de barras ele vai puxar do banco independente de ter ou não no estoque...resumindo, eu terei que cadastrar UMA vez pelo menos o produto para o código ficar salvo, e depois disso a coisa fica automatizada certo?

    Cara, não entendi muito bem o que você quer fazer mas de forma geral quando você cadastra um modelo de produto, ele possui um código de barras, e independente de quantas unidades você tem desse produto, o código é o mesmo, já se você quer identificar de forma unica cada unidade de produto isso se chama serial, muito usado em sistemas que precisam controlar garantia de produtos e tal para garantir que aquele é exatamente o produto que o cliente comprou.

    • Sugerido como Resposta lucas konrath quinta-feira, 23 de maio de 2013 11:45
    • Marcado como Resposta Thiago Rodrigo quinta-feira, 23 de maio de 2013 14:00
    quinta-feira, 23 de maio de 2013 11:44
  • Em realidade é o seguinte. Código de barras identifica o seu produto. Ao ler o código, o sistema deve saber que produto é esse no seu estoque, previamente cadastrado. Exceto balança, você pode sim, passar o Leitor no produto, cadastrar esse código e depois ir lançando os demais campos, tipo: Descrição, Peso, Preço e qualquer outro campo identificado no seu estoque. Depois, numa tela de venda, ao ler as barras ela vai identificar que produto é esse. Você pode também gerar sua própria barra, caso seja muito específica(Existe na net algorítimos para isso).

    Pegue o teclado da DELL, passe o leitor e grave em sua base, com os demais campos. Pegue o teclado LENOVO, passe o leitor e cadastre com os demais campos. Depois, no seu PDV ou tela de venda, ao passar o leitor, ele já identifica o produto já previamente cadastrado. Aí, ao finalizar a venda, seu programa já vai dar baixa no estoque desse produto. Você só cadastra o produto uma vez. O que você vai fazer é alimentar a quantidade do produto. Se são 10,20 isso não importa. O código já foi cadastrado. No Brasil, produtos em supermercados, lojas e etc..., normalmente usa o EAN13, bancos já usam outro padrão e etc... São vários padrões utilizados no Brasil, não só o EAN13, depende do tipo de negócio aplicado. 

    • Marcado como Resposta Thiago Rodrigo quinta-feira, 23 de maio de 2013 14:00
    quinta-feira, 23 de maio de 2013 13:20

Todas as Respostas

  • Alguem me tira essa duvida então..Por exemplo, se eu tiver 10 teclados da DELL, os 10 serão o mesmo codigo de barras certo??? sendo assim para cada produto eu terei que cadastrar ao menos uma vez o codigo de barras com todas as informações e daí sim quando eu bater o codigo de barras ele vai puxar do banco independente de ter ou não no estoque...resumindo, eu terei que cadastrar UMA vez pelo menos o produto para o codigo ficar salvo, e depois disso a coisa fica automatizada certo?

    ou existe outra forma?


    Thiago Rodrigo

    quinta-feira, 23 de maio de 2013 03:06
  • Alguém me tira essa duvida então..Por exemplo, se eu tiver 10 teclados da DELL, os 10 serão o mesmo código de barras certo??? 

    O objetivo do código de barras é identificar mundialmente um produto através de um identificador, o padrão utilizado no Brasil é o EAN-13, utilizado em notas fiscais e etc.

    Aqui um pouco sobre código de barras http://pt.wikipedia.org/wiki/C%C3%B3digo_de_barras

    sendo assim para cada produto eu terei que cadastrar ao menos uma vez o código de barras com todas as informações e daí sim quando eu bater o código de barras ele vai puxar do banco independente de ter ou não no estoque...resumindo, eu terei que cadastrar UMA vez pelo menos o produto para o código ficar salvo, e depois disso a coisa fica automatizada certo?

    Cara, não entendi muito bem o que você quer fazer mas de forma geral quando você cadastra um modelo de produto, ele possui um código de barras, e independente de quantas unidades você tem desse produto, o código é o mesmo, já se você quer identificar de forma unica cada unidade de produto isso se chama serial, muito usado em sistemas que precisam controlar garantia de produtos e tal para garantir que aquele é exatamente o produto que o cliente comprou.

    • Sugerido como Resposta lucas konrath quinta-feira, 23 de maio de 2013 11:45
    • Marcado como Resposta Thiago Rodrigo quinta-feira, 23 de maio de 2013 14:00
    quinta-feira, 23 de maio de 2013 11:44
  • Em realidade é o seguinte. Código de barras identifica o seu produto. Ao ler o código, o sistema deve saber que produto é esse no seu estoque, previamente cadastrado. Exceto balança, você pode sim, passar o Leitor no produto, cadastrar esse código e depois ir lançando os demais campos, tipo: Descrição, Peso, Preço e qualquer outro campo identificado no seu estoque. Depois, numa tela de venda, ao ler as barras ela vai identificar que produto é esse. Você pode também gerar sua própria barra, caso seja muito específica(Existe na net algorítimos para isso).

    Pegue o teclado da DELL, passe o leitor e grave em sua base, com os demais campos. Pegue o teclado LENOVO, passe o leitor e cadastre com os demais campos. Depois, no seu PDV ou tela de venda, ao passar o leitor, ele já identifica o produto já previamente cadastrado. Aí, ao finalizar a venda, seu programa já vai dar baixa no estoque desse produto. Você só cadastra o produto uma vez. O que você vai fazer é alimentar a quantidade do produto. Se são 10,20 isso não importa. O código já foi cadastrado. No Brasil, produtos em supermercados, lojas e etc..., normalmente usa o EAN13, bancos já usam outro padrão e etc... São vários padrões utilizados no Brasil, não só o EAN13, depende do tipo de negócio aplicado. 

    • Marcado como Resposta Thiago Rodrigo quinta-feira, 23 de maio de 2013 14:00
    quinta-feira, 23 de maio de 2013 13:20
  • Ahhh agora eu entendi. A pergunta foi porque falaram que existia um modo de quando eu bater o codigo de barras no sistema ele já identifica que tipo de produto é aquele  e  tudo mais, sem mesmo ter cadastrado algum no estoque. Mas tirou as duvidas.

    Cara, valeu mesmo pela ajuda

    Obrigado aos dois


    Thiago Rodrigo

    quinta-feira, 23 de maio de 2013 14:01
  • Ahhh agora eu entendi. A pergunta foi porque falaram que existia um modo de quando eu bater o codigo de barras no sistema ele já identifica que tipo de produto é aquele  e  tudo mais, sem mesmo ter cadastrado algum no estoque. Mas tirou as duvidas.

    Cara, valeu mesmo pela ajuda

    Obrigado aos dois


    Thiago Rodrigo

    De nada, abraço!
    quinta-feira, 23 de maio de 2013 14:05
  • Thiago, na criação do código de barras existe uma fundamentação, veja neste artigo: http://www.macoratti.net/cod_bar.htm

    Quanto à sua dúvida, dos teclados, a resposta é, depende. Geralmente quando é o mesmo produto, marca e modelo é o mesmo código de barras, se houver alguma mudança em uma característica ou modelo, geralmente recebe outro código. Assim, no momento dos cadastros dos produtos, é feito a gravação do produto e seu respectivo cod. bar. e esse fica como um identificador do produto, como um cpf por exemplo, pessoa x possui somente aquele número de cpf.


    Gilberto Otsuka

    quinta-feira, 23 de maio de 2013 19:16