none
Centro de Inovação :: Formação .NET :: Primeira Etapa :: Uma Vergonha!!! RRS feed

  • Discussão Geral

  • Acabei de realizar a primeira etapa do projeto de formação .NET da microsoft em parceria com o SENAC e fiquei realmente muito surpreso por perceber que o professor que foi apresentar a aula não estava preparado para tal.

     

    Além da  falta de experiência em lecionar, posso citar alguns abusurdos que infelizmente foram explanados para todos ali presentes.

     

    Exemplo:

     

    - O case do switch não possue break. (Fiquei espantado e até uma garota perguntou de novo se isso era real e o professor respondeu que sim); ( http://msdn2.microsoft.com/en-us/library/06tc147t(VS.80).aspx )

     

    - Para acessar um método estático de uma classe é obrigatória a instanciação da classe (o que não é verdade lógico! um aluno interrompeu a aula nesse momento e disse que ele estava errado o que foi confirmado por ele com a desculpa "eu ainda não estou familiarizado com essa linguagem portanto me desculpem") ; 

     

    - Existia em um slide um pedaço de código que me espantou no momento e depois quando cheuguei no trabalho fui logo testar para ver se funcionava o que provou não funcionar. Segue abaixo o trecho:

     

    class Program

    {

    static void Main(string[] args)

    {

    StringBuilder sb = new StringBuilder();

    sb[0] = "";

    }

    }

    o qual retorna o seguinte erro de compilação:

    Error 1 Cannot implicitly convert type 'string' to 'char' C:\w3rm\VS2005\StringBuilderTest\StringBuilderTest\Program.cs 12 21 StringBuilderTest

    - Além de outros erros que infelizmente (ou felizmente) não me recordo agora.

     

    Se o professor não estava qualificado para tal ou então não estava familiarizado com a linguagem por que estava ali presente? Uma vergonha. Espero que não seja ele o professor das outras etapas. Fico somente com pena dos outros ali presentes por terem "aprendido" errado.

     

    Fiquei muito decepcionado...

     

     

    • Tipo Alterado Rogerio Jerez segunda-feira, 21 de junho de 2010 12:52
    sexta-feira, 11 de maio de 2007 17:50

Todas as Respostas

  • O que eu achei mancada é 40 questões sendo que 60% da prova era para percorrer laços. Com certeza maioria sabia mas não haveria tempo para responder todas, achei isso muito errado, pouco tempo para muitas questões, se fossem 15 ou 20 tudo bem, mas não 40 em apenas 30 minutos, infelizmente tive que chutar por falta de tempo.

    Agora sobre o switch eu assinalei sim que tem o break! Porque senão como ele iria sair???

     

    Abraços!

    sábado, 12 de maio de 2007 22:40
  • Esse curso até agora foi uma brincadeira de mal gosto. Uma porcaria!!!!!!!

    sem contar o que o criador do topico falou....na segunda etapa...

    Falaram q iam dar material....o tal material é uns slides q cada professor catô na internet..nada preparado pro curso...ridículo...teve ate livro pirata na parada...

    Não tinha lugar na sala pra td mundo, muitas pessoas ficaram sem pc e tiveram q pegar cadeira em outro lugar.....

    Disponibilizaram tds as informações erradas no site o q me fez ir no dia errado....

    O nível do professor....fala serio pegaram um cara qquer e botaram lah...ninguem merece....

    Um curso porcaria desse com o nome da Microsoft...vou mandar um email para algum responsavel na M$...neh possivel que eles saibam o nível desse curso!!!!!!!!!!!!!!

    Neh possivel que soh eu achei uma bosta de curso!!!!
    segunda-feira, 28 de maio de 2007 20:22
  • "Estou cursando o 4º ano de Ciências da Computação na USP - São Carlos, e fiquei sabendo através de um amigo, sobre o Programa Students to Business – S2B da Microsoft. Entrei no website do Centro de Inovação e fiz a inscrição para o curso em Araraquara junto com alguns amigos. Já não entendíamos por que, tendo São Carlos duas universidades públicas com alto conceito em tecnologia, tivemos que viajar 40 kilômetros para fazer o treinamento em outra cidade.
    A primeira etapa foi realizada no Clube Araraquarense, um salão com cadeiras de madeira sem estofamento e sem apoio para fazer a prova. Os alunos se desdobravam para escrever sem furar a folha, ou se abaixavam para utilizar outra cadeira como mesa.
    Mas a maior decepção ficou por conta da palestra. As primeiras pessoas a falar foram alunos que participaram do S2B do ano passado e um professor de uma faculdade particular da cidade. Após isso, e durante mais de uma hora, o microfone foi utilizado pelo Secretário da Indústria da cidade para falar sobre a própria cidade, as indústrias que estavam se estabelecendo, os programas de educação oferecidos pelo governo, enfim, pura politicagem. Além disso ele não possuía o mínimo de conhecimento em informática, e acabou explicando o S2B e sua divisão (infra-estrutura e desenvolvimento) extremamente mal, conseguindo apenas mais dúvidas em todos os presentes. A primeira etapa acabou não ultrapassando 2 horas de duração.
    Eu, assim como todos meus amigos, esperava encontrar pelo menos um funcionário da Microsoft que entendesse do evento para explicar do que se tratava. Um programa que diz em seu manual ter como público alvo estudantes de graduação e pós graduação, teve um nível técnico assustadoramente baixo, e por isso não temos motivação para viajar novamente para realizar a segunda etapa.
    Não sei como este evento está se passando em São Paulo, mas creio que, pelo menos aí, alguém da Microsoft está supervisionando a realização para não acontecer a mesma coisa daqui.
    Acaba aqui minha indignação de um evento com muito potencial, de uma empresa com um nome a zelar, que se tornou propaganda política."



    Enviei esse email para 4 endereços diferentes da Microsoft hoje, as únicas respostas que me dão é pra mandar pelo site www.centrodeinovacao.org.br (que nem tem endereço pra contato) e pelo MSDN.

    Espero que aqui alguém da empresa leia e passe pra um responsável.

    Vocês fizeram o curso esse ano também? Eu fiz a primeira etapa só, desse jeito nem volto pra segunda...
    quarta-feira, 16 de abril de 2008 19:53
  •  

    aki no rio foi a msm merda amigo
    quarta-feira, 16 de abril de 2008 23:11
  • Galera, blz?

    Primeiramente quero me apresentar, sou Co-Lead dos Microsoft Student Partner no Estado de São Paulo.
    Nós, como MSPs, fomos instruidos a ajudar a divulgar e colaborar com o S2B. Agradeço imensamente este Feed-Back que vc estão passando sobre o Programa.

    Eu, particularmente, tinha outra visão. Conheço algumas pessoas que participaram no ano passado e gostaram. Inclusive elogiaram bastante. Porém, este ano, o primeiro retorno que estou tendo são os seus.

    Vou passar para meus contatos na Microsoft e esperar um retorno.

    Assim que eu tiver uma posição em relação a isso, eu posto aqui.

    Peço por gentileza, os nomes dos instrutores e os lugares onde ocorreram as apresentações.
    Isso é importante para nós localizarmos os instrutores e levantar o que aconteceu.

    Muito obrigado pelo retorno.

    Abraços,

    sexta-feira, 18 de abril de 2008 17:12
  • Ola Diego,

    Eu trabalho na empresa TechResult, parceira do Centro de Inovação, realizei o programa de formação no ano passado, além de colaborar no S2B. O feedback que tive e pelo que conversei com pessoas que participaram (muitas delas contratadas devido ao programa) foram 100% positivos. Pode ser que houve algum problema durante a palestra, porém, aqui em Curitiba pelo que me parece ocorreu tudo de maneira satisfatória ou melhor.

    Também gostaria de saber mais sobre os problemas encontrados. (:

    Abraços,
    Thiago Zavaschi

    sexta-feira, 18 de abril de 2008 17:21
  • Como eu só participei da primeira etapa em Araraquara-SP até agora, não houveram instrutores, mas a pessoa que falou sobre o programa e explicou as diferenças entre as duas áreas foi o secretário de tecnologia e indústria de Araraquara, que de tecnologia não entendia nada. Citou várias siglas desconhecidas, termos errôneos, fora uma frase que devia ser pala falar bem, mas acabou virando piada aqui ("Nossos laboratórios são bem completos, temos winchesters, mainframes, pendrives ...").
    O local foi o Clube Araraquarense, que também não tinha estrutura para uma prova. Inclusive alguns funcionários tiraram fotos da palestra, vocês podem pedir a eles.

    Foi bem isso mesmo, uma droga, eu gostaria que vocês pudessem me dar um retorno até o dia da realização da segunda fase, porque do jeito que está nem rola voltar lá mais.

    Abraços

     Diego Nogare - MSP wrote:
    Galera, blz?

    Primeiramente quero me apresentar, sou Co-Lead dos Microsoft Student Partner no Estado de São Paulo.
    Nós, como MSPs, fomos instruidos a ajudar a divulgar e colaborar com o S2B. Agradeço imensamente este Feed-Back que vc estão passando sobre o Programa.

    Eu, particularmente, tinha outra visão. Conheço algumas pessoas que participaram no ano passado e gostaram. Inclusive elogiaram bastante. Porém, este ano, o primeiro retorno que estou tendo são os seus.

    Vou passar para meus contatos na Microsoft e esperar um retorno.

    Assim que eu tiver uma posição em relação a isso, eu posto aqui.

    Peço por gentileza, os nomes dos instrutores e os lugares onde ocorreram as apresentações.
    Isso é importante para nós localizarmos os instrutores e levantar o que aconteceu.

    Muito obrigado pelo retorno.

    Abraços,

    sexta-feira, 18 de abril de 2008 18:38
  • Shureks, obrigado cara.

    Eu passei o link aqui deste segmento para a MS, eles já estão vendo os POSTs e vamos aguardar alguma resposta.
    Mas eu preciso que os outros participantes que tiveram problemas, também relatem.

    Vamos coletar o maior número de problemas possíveis, e analisar os fatos.

    Novamente, muito obrigado pelos retornos.

    Abs,
    sexta-feira, 18 de abril de 2008 18:56
  • Soh gostaria de complementar o q o Shureks falow acima, pois estou na sala dele e fui fazer a prova com ele em araraquara.
    Para mim o que a primeira fase representou foi simplesmente uma propaganda politica, pensamos que pelo menos falariam sobre o curso a ser ministrado mas nem isso foi falado, alem disso esperavamos uma partição de empresas conhecidas, como parceiras porem só tinha empresas pequenas, e ninguem da  microsof, parecia um curso da cidade e não da MS, e posso dizer que estou desapontado com isso.

    abraços.
    domingo, 20 de abril de 2008 05:19

  • Fiz a prova em Araraquara no período noturno.......
    E digo q  tudo oq os amigos falaram acima é a mais pura verdade.....Propaganda Política, como se fosse a Cidade q estivesse pagando pelos os cursos....
    Muitos termos usados de forma errada e/ou fora de contexto..
    Nenhum funcioário da Microsoft no local, coitados dos ex-alunos q foram lá pra dar os seus depoimentos e acabaram trab...
    Local de prova inadequado....não tinha mesa p fazer a prova.........Se vira nos 30 p fazer amigo.....

    Em fim, uma vergonha...

    Outra coisa muito estranha foram as provas....oq foi aquilo ????
    Pior q prova do Enem....mal preparada, com questões ambíguas, questões erradas....tinha de tudo ali......
    Por exemplo:

    Questão de BD; pedia p retorna o nome da Rua e mais o ID....mas em todas as respostas todos os selects retornavam o ID e o nome da Cidade ????

    Questão q se vc considera-se um variável do tipo Int vc podia ter 2 resposta ou se vc considera-se como Float vc não tinha nenhuma resposta ????

    Coisas desse tipo faziam os candidatos ficarem confusos e c isso perdem-se tempo analisando tudo novamente.....

    Tivemos outras pérolas...mas já não me lembro...e como não ficamos c as provas não podemos nos divertimos + c tais piadas.....pq só pode ser piada oq ocorreu em Araraquara.....


    Provinha sem vergonha essa q foi aplicada em Araraquara.....

    A Microsoft q se cuide....é o nome dela em Jogo aqui
    domingo, 20 de abril de 2008 14:31
  • É
    também fui fazer a prova no período noturno em Araraquara.

    Apresentação ridícula, 'apresentadores' incapacitados, organização medíocre, prova mal desenvolvida e cheia de erros.
    (Vale lembrar também que o site é extremamente mal feito)

    O resumo seria: totalmente decepcionante.

    Apresentação?
    - O cara só fez propaganda POLÍTICA da cidade;
    - O cara não tinha a menor idéia do que tava falando; Não sabia nada de tecnologia, nada de Microsoft, nada de nada. Totalmente paraquedista.

    Local?
    - Salão de festas do clube Araraquarense, iluminado por aquelas lâmpadas de festa junina (sabe, um fio passando, com várias lampadas)
    - Cadeiras minúsculas sem apoio para prova, sem mesa, sem nada.

    A prova?
    - Primeiro, não tinha ONDE fazer a prova. Alguns viraram a cadeira mais próxima par apoiar para escrever; Outros tiveram a sorte de ter levado cadernos de capa dura; Também teve quem apoiou o papel na perna.
    - Segundo, e as questões? Completamente mal elaboradas. Completamente cheias de erros. Acho que o mais difícil era encontrar uma questão em que as alternativas fossem realmente relacionadas ao enunciado e que tivesse uma única resposta correta.
    - É pra fazer a 1a parte? A 2a também?
    - Os 'monitores' também não sabiam nada.

    Em suma,
    Decepcionante.
    domingo, 20 de abril de 2008 15:27
  • Fui fazer a primeira etapa em Araraquara e concordo plenamente com todos que relataram as experiências. Perda de tempo total, infelizmente.
    terça-feira, 22 de abril de 2008 00:51
  • Salve galera,

    Já estamos vendo o que aconteceu em Araraquara.
    Pelo visto, o problema aconteceu somente aí.

    Os organizadores do programa estão a parte desde segmento do Forum, e estão próximos de uma solução.
    Um dos organizadores estará indo até Araraquara esta semana para ver o que aconteceu. E assim que chegarem a uma solução, vamos avisar vocês.

    Agora, vai uma sugestão minha, Diego Nogare, e acredito que também da Microsoft.

    Acho que vocês devam ir à segunda fase, conhecimento nunca é demais. Já vimos que aconteceu um problema e a MS está em processo para resolver isso, a segunda fase será com nível técnico que agradará vocês, podem acreditar. Quem passar para a segunda, deve frequentar, muitas pessoas gostariam de estar na pele de quem passou. Imagina o quanto de conhecimento uma pessoa que não teve a oportunidade de passar para a proxima fase deixou de adiquirir, e vc que passou, não foi porque desacreditou no programa. Seria até uma sacanagem com essa pessoa. Então, eu peço aqui, quem passar, vá ao curso.

    Novamente, muito obrigado pelo Feed-Back.

    Grande Abraço.
    terça-feira, 22 de abril de 2008 12:35
  • O lugar onde fiz era um auditório (Faculdade Jorge Amado na Paralela) e eles entregaram pranchetas - o que foi super desconfortável - sem falar no tamanho mínimo da letra(nunca ouviram falar de acessibilidade?) e nos erros da fotocópia como na numeração das questões. O tempo foi super curto - apenas 30 minutos para 40 questões. Fiz em Salvador.

    Com essas iniciativas, a Microsoft tem mesmo é que ser engolida pelo Google, quando se trata de serviços on-line, pelo OpenOffice quando se trata de aplicativos para escritório e pelo GNU/Lunux, quando se trata de Sistema Operacional.

    Viva ao Software Livre!
    Viva à liberdade às plataformas de acesso a informação!
    quarta-feira, 23 de abril de 2008 00:40
  • Eu fiz a prova em Curitiba, (PUC-PR), assim como o Thiago descreveu, aqui ocorreu tudo bem, muitos falaram em professores, mas na ocasião não eram professores, e sim palestrantes, que por sinal muito bem instruídos na área, foi o próprio pessoal da TechResult que aplicou a palestra, e foram abordados temas referentes ao curso, e tudo ocorreu como previsto, a única coisa que concordo é em relação ao tempo para realizar a prova, eu consegui responder a tempo todas as questões, (algumas sem ter o devido tempo para interpretá-las) mas muitos candidatos não conseguiram responder o gabarito a tempo...

       Mas as demais criticas não se aplicam a Curitiba, onde acredito que tudo ocorreu dentro das expectativas...

     

    Abraços....

     

    Plinio Lima

    quarta-feira, 23 de abril de 2008 04:36
  • Olá a todos novamente,


    Gostaria de ressaltar mais um aspecto do Proform (programa de formação) que realizei no ano passado.
    Muitos criticaram o fato de pessoas completamente despreparadas, darem as palestras iniciais (primeira fase). No entanto, no Proform de Curitiba a palestra foi dada pelo Marcelo D'Avila (MVP), ou seja, uma pessoa mais que qualificada para tal tarefa.

    Acredito que deva ser apurado com urgência o que aconteceu nos demais locais, pois o que está em jogo não é apenas o nome Microsoft, mas também o nome do programa que eu (e muitos outros fizeram). E esse programa nós desejamos que seja um diferencial por ser um programa bom, e não o contrário.

    É isso pessoal. Abraços,
    Thiago Zavaschi
    quarta-feira, 23 de abril de 2008 12:53
  • Bom dia a todos.

    Eu fui aluno do Bootcamp, programa de ensino que aconteceu antes dos ProForms, e sou obrigado a concordar com o Thiago Zavaschi a respeito dos palestrantes. Houveram duas turmas após a primeira etapa, sendo eles o Marcelo D'Ávila e Diego Neufert, ambos MVP. Graças a esse curso também estou empregado na área de desenvolvimento de aplicações web utilizando o .NET Framework, e não posso deixar de ressaltar a qualidade e a organização de tal curso, pelo menos aqui na cidade de Curitiba.

    Realmente, esse pode ser um alerta para as outras localidades, para que se acertem ou até mesmo busquem em Curitiba algum auxílio na preparação e organização desses programas. Além de ser uma boa propaganda para a Microsoft e para os responsáveis, também deveria ser para um profissional que passou por esse tipo de treinamento.
    quarta-feira, 23 de abril de 2008 15:13
  •  

    Eu também participei aqui em curitiba. Correu tudo bem... todo material que usamos era muito claro.

    Saí com a preparação do ProForm e fiz o exame 70-290 de certificação microsoft e passei de primeira...

     

    Qto ao tempo para resolver a prova da I fase é pouco, mas é o mesmo tempo para todos, então

    acerta mais quem for melhor!!!

     

    abraço

    quarta-feira, 23 de abril de 2008 15:16
  • Fala Galera...

    Muito obrigado pelos retornos que estão nos passando. Com certeza, estes retornos nos ajudam a ver que o problema foi sazonal. Somente em Araraquara (e uma reclamação do Rio, mas está muito superficial essa do Rio).

    Ao menos sabemos que em Curitiba, o programa foi perfeito, atingiu o potencial que esperavamos.

    Galera, com essas informações vamos buscar aperfeiçoar sempre mais o programa... Com o intuito de sempre melhorar o programa pra vocês.

    Se alguém tiver mais alguma informação que seja relevante, por favor, poste aqui.

    Valeu gente.

    Abs,
    quarta-feira, 23 de abril de 2008 15:21
  • Eu fiz o curso do Proform, que depois mudou de nome para S2B.

    Os profissionais que nos orientaram no curso são profissionais bem preparados, com uma excelente bagagem técnica, além disso, o material de apoio do curso era muito bom e de fácil entendimento.

    Dessa forma, o curso S2B é um curso que vale muito apena, pois é uma excelente oportunidade de aprender e ganhar maior visibilidade no mercado de trabalho.  

    Abraços
    quarta-feira, 23 de abril de 2008 15:31
  • Bom, como deu pra notar, esses problemas foram casos isolados, e muitas pessoas quiseram generalizar, questionando a credibilidade do programa, que foi em vão, pois tenho certeza que o curso é excelente, com otimo nível...

    Resultado sai amanha já, e espero passar para a segunda etapa, um dos participantes postou no forum que viajaram ele e alguns amigos 40 KM para chegar ao local da prova, eu viajei 150 KM de moto de madrugada para chegar a tempo em curitiba, e esse esforço se eu passar com certeza não será em vão!


    quinta-feira, 24 de abril de 2008 01:51
  •  Plinio lima wrote:
    Bom, como deu pra notar, esses problemas foram casos isolados, e muitas pessoas quiseram generalizar, questionando a credibilidade do programa, que foi em vão, pois tenho certeza que o curso é excelente, com otimo nível...

    Resultado sai amanha já, e espero passar para a segunda etapa, um dos participantes postou no forum que viajaram ele e alguns amigos 40 KM para chegar ao local da prova, eu viajei 150 KM de moto de madrugada para chegar a tempo em curitiba, e esse esforço se eu passar com certeza não será em vão!






    Hahahaha....
    é que você não viu o nível do meu palestrante...
    se eu tivesse andado 150 km de moto eu fazia ele me levar de volta...
    em Araraquara não teve curso... teve uma piada de mau gosto...
    quinta-feira, 24 de abril de 2008 02:01
  • Puxa que pena, esperamos que sejam tomadas providencias...

    o resultado ta saindo, ma nm vou ver hje, :/
    esperar amanhecer e seja oque Deus quiser Smile


    eu n faria ele me levar de volta não, faria ele pagar uma ceva XD
    quinta-feira, 24 de abril de 2008 07:23
  •  

    Também participei do S2B em Curitiba, e não tenho do que reclamar. O instrutor estava muito bem preparado, a estrutura era boa e nos conduziram muito bem através de todas etapas. Aprovado!
    quinta-feira, 24 de abril de 2008 12:21
  • Acho que foi mais do que isso que nos levou a suspeitar do crédito do programa.
    - O endereço do site no dominio "tempsite.ws" (microsoft.com pra quê?);
    - Ninguém que eu conheço recebeu e-mail de confirmação do programa, nem e-mail avisando aos selecionados pra 1a fase (um sisteminha pronto de fórum cuida disso).
    - Site mal mantido: informações conflitantes, prazos desrespeitados.

    Várias pessoas com quem conversei usaram tudo isso de chacota, com o clássico 'Microsoft, né?'
    E isso, eu acho, vai além de Araraquara, correto?

    (a propósito, sabendo que o resultado da 1a fase foi publicado em http://proform.msdnbrasil.tempsite.ws/public/Fase1.aspx e sabendo que o site é extremamente mal mantido, talvez dê para já saber, há algum tempo, o resultado da 2a fase)

    Abraços
    quinta-feira, 24 de abril de 2008 16:07
  •  

    Sou mais um que realizou o programa S2B em Curitiba, no fim do ano passado, e relato que não tive problemas com os estudantes. Todas as etapas foram muito bem preparadas e explicadas, e como já disseram acima, a primeira etapa contou com representantes da Microsoft, e foi ministrada pelo Marcel D'Avila, MVP e coordenador do Centro de Inovação de Curitiba, e as demais, todas com profissionais muito bem preparado e com certificações.

     

    Quanto ao tempo de realização de provas, também acredito que isso seja uma metodo de seleção, para saber quem consegue fazer as coisas com pressão, no "se vira nos 30".

     

    Com pontos a melhorar, tenho que concordar que a forma de divulgação as vezes deixou a desejar, recebendo e-mails muito proximo das datas, e como também morava em outra cidade, isso era complicado. Também ocorreram algumas informações desencontradas, mas acredito que acontece nas melhores famílias, e quanto maior o evento, pior é para controlar isso.

     

    No final da história, meu estágio acabou mais ou menos naquela época, e graças ao programa S2B consegui várias entrevistas, e finalmente um bom emprego, e continuo trabalhando na área que eu gosto.

     

    Pelo visto, ou Curitiba é um caso de Sucesso a ser espelhado pelos demais, ou Araraquara foi "um dos poucos", que tiveram falhas graves.

     

    Abraço pessoal.

    Adriano.

    quinta-feira, 24 de abril de 2008 20:46
  • fiz no rio e foi uma merda tb

    fui bem na prova mas infelizmente nao passei pra 2 fase

    queria pedir aos organizadores uma revisao d kem passou e kem realmente vai fzer...pq a maioria nao vai

    e eu q nao passei keria tanto fzer
    sábado, 26 de abril de 2008 01:27
  • tiago.

     

    concordo com sua opnião.

    fiquei muito decepcionado com o a organizão do s2b.

     

    primeiro solicitei minha inscrição para uma turma no centro do rio, e me mandaram para outro municipio supostamente mais perto da minha casa sem me comunicar.

     

    depois foi tentar entrar em contato com alguém responsável, falaram para eu entrar em contato com a organização que seria feita pela faculdade que abrigou o programa.

     

    a "tal" organização não me respondeu o email.

    depois naum foi aprovado em uma prova muito fácil para não dizer de iniciante, sendo que não me deram o gabarito e nem a prova escrita para comparar.

     

    ou seja no mínimo muito suspeita a escolha.

    muito lamentável a microsoft agir assim.

     

    eu como desenvolvedor asp.net há mais de 3 anos me sinto ofendido e não vou indicar a mais ninguém a participar, esse acontecimento soma-se a outros que vem a sugar a marca da microsoft.

     

    deixo aqui meu protesto para quem interessar.

     

    att,

    Leandro Ribeiro

     

    segunda-feira, 28 de abril de 2008 21:21
  •  Diego Nogare - MSP wrote:
    Galera, blz?

    Primeiramente quero me apresentar, sou Co-Lead dos Microsoft Student Partner no Estado de São Paulo.
    Nós, como MSPs, fomos instruidos a ajudar a divulgar e colaborar com o S2B. Agradeço imensamente este Feed-Back que vc estão passando sobre o Programa.

    Eu, particularmente, tinha outra visão. Conheço algumas pessoas que participaram no ano passado e gostaram. Inclusive elogiaram bastante. Porém, este ano, o primeiro retorno que estou tendo são os seus.

    Vou passar para meus contatos na Microsoft e esperar um retorno.

    Assim que eu tiver uma posição em relação a isso, eu posto aqui.

    Peço por gentileza, os nomes dos instrutores e os lugares onde ocorreram as apresentações.
    Isso é importante para nós localizarmos os instrutores e levantar o que aconteceu.

    Muito obrigado pelo retorno.

    Abraços,

     

     

    Diego para seu conhecimento derrepente você tenha alguma influência para nós explicar algumas coisas.

    Segue resposta a um post de mais um colega decepcionado com a organização do S2B.

     

    fiquei muito decepcionado com o a organizão do s2b.

     

    primeiro solicitei minha inscrição para uma turma no centro do rio, e me mandaram para outro municipio supostamente mais perto da minha casa sem me comunicar.

     

    depois foi tentar entrar em contato com alguém responsável, falaram para eu entrar em contato com a organização que seria feita pela faculdade que abrigou o programa.

     

    a "tal" organização não me respondeu o email.

    depois naum foi aprovado em uma prova muito fácil para não dizer de iniciante, sendo que não me deram o gabarito e nem a prova escrita para comparar.

     

    ou seja no mínimo muito suspeita a escolha.

    muito lamentável a microsoft agir assim.

     

    eu como desenvolvedor asp.net há mais de 3 anos me sinto ofendido e não vou indicar a mais ninguém a participar, esse acontecimento soma-se a outros que vem a sugar a marca da microsoft.

     

    deixo aqui meu protesto para quem interessar.

     

    att,

    Leandro Ribeiro

    segunda-feira, 28 de abril de 2008 21:23
  • outra coisa muito estranha também nisso é que nao sao divulgados os pontos e nem a revisao das provas

    eu vi que o envelope com as provas xegou la aberto e tinha o gabarito dentro dele, qualquer analfabeto poderia copiar o gabarito e passar nessa 1 fase
    segunda-feira, 28 de abril de 2008 21:28
  • Fala Galera.

    Eu estou dando uma força pra Microsoft, pra gente levantar o que aconteceu em alguns lugares.
    Pelo que tivemos de retorno aqui no Forum, somente em Araraquara tivemos problema.

    Agora, começaram alguns relatos do Rio de Janeiro.
    Porém, pra gente conseguir chegar até o problema, precisamos de informações reais do que aconteceu.
    Por exemplo:
    Eu ví o envelope de provas chegar aberto. Isso é complicado, se realmente tinha o gabarito dentro, pode significar favoritismo para algum lado.
    Aqui aconteceu isso... Lá aconteceu aquilo...
    Preciso saber onde isso aconteceu, quem aplicou a prova. São Informações importantes que nos ajudam a descobrir o motivo dessas coisas terem acontecido.

    Por favor, nos ajudem a localizar os problemas.

    Valeu rapaziada.

    Abs,
    segunda-feira, 28 de abril de 2008 21:51
  •  Diego Nogare - MSP wrote:
    Fala Galera.

    Eu estou dando uma força pra Microsoft, pra gente levantar o que aconteceu em alguns lugares.
    Pelo que tivemos de retorno aqui no Forum, somente em Araraquara tivemos problema.

    Agora, começaram alguns relatos do Rio de Janeiro.
    Porém, pra gente conseguir chegar até o problema, precisamos de informações reais do que aconteceu.
    Por exemplo:
    Eu ví o envelope de provas chegar aberto. Isso é complicado, se realmente tinha o gabarito dentro, pode significar favoritismo para algum lado.
    Aqui aconteceu isso... Lá aconteceu aquilo...
    Preciso saber onde isso aconteceu, quem aplicou a prova. São Informações importantes que nos ajudam a descobrir o motivo dessas coisas terem acontecido.

    Por favor, nos ajudem a localizar os problemas.

    Valeu rapaziada.

    Abs,

     

     

    Diego.

     

    Em relação a violação do gabarito não tenho nada a reclamar do meu campos.

    Mas e em relação aos meus outros questionamentos?

     

    Que tipo de informação mais você precisa além do campus que nesse caso foi Nova Iguaçu - RJ.

    De qualquer maneira acho dificil vocês conseguirem revertar alguma coisa no máximo fica a esperança de uma melhora na próxima etapa eu porém não irei mais participar e indicarei o mesmo para meus colegas de curso.

     

    []'s

    Leandro Ribeiro

    segunda-feira, 28 de abril de 2008 21:59
  •  

    oq falei aconteceu na turma 32..

     

    quando entramos na sala as provas ja estavam todas em cima da mesa do palestrante

     

    eu sei do gabarito pq teve uma questao q rolou uma duvida, ai o palestrante disse q ia olhar o gabarito pra saber c tinha aresposta certa na kestao, ele pegou uma folha no envelope e disse q na kestao tinha sim a resposta correta

    segunda-feira, 28 de abril de 2008 22:00
  •  Shureks wrote:
    "Estou cursando o 4º ano de Ciências da Computação na USP - São Carlos, e fiquei sabendo através de um amigo, sobre o Programa Students to Business – S2B da Microsoft. Entrei no website do Centro de Inovação e fiz a inscrição para o curso em Araraquara junto com alguns amigos. Já não entendíamos por que, tendo São Carlos duas universidades públicas com alto conceito em tecnologia, tivemos que viajar 40 kilômetros para fazer o treinamento em outra cidade.
    A primeira etapa foi realizada no Clube Araraquarense, um salão com cadeiras de madeira sem estofamento e sem apoio para fazer a prova. Os alunos se desdobravam para escrever sem furar a folha, ou se abaixavam para utilizar outra cadeira como mesa.
    Mas a maior decepção ficou por conta da palestra. As primeiras pessoas a falar foram alunos que participaram do S2B do ano passado e um professor de uma faculdade particular da cidade. Após isso, e durante mais de uma hora, o microfone foi utilizado pelo Secretário da Indústria da cidade para falar sobre a própria cidade, as indústrias que estavam se estabelecendo, os programas de educação oferecidos pelo governo, enfim, pura politicagem. Além disso ele não possuía o mínimo de conhecimento em informática, e acabou explicando o S2B e sua divisão (infra-estrutura e desenvolvimento) extremamente mal, conseguindo apenas mais dúvidas em todos os presentes. A primeira etapa acabou não ultrapassando 2 horas de duração.
    Eu, assim como todos meus amigos, esperava encontrar pelo menos um funcionário da Microsoft que entendesse do evento para explicar do que se tratava. Um programa que diz em seu manual ter como público alvo estudantes de graduação e pós graduação, teve um nível técnico assustadoramente baixo, e por isso não temos motivação para viajar novamente para realizar a segunda etapa.
    Não sei como este evento está se passando em São Paulo, mas creio que, pelo menos aí, alguém da Microsoft está supervisionando a realização para não acontecer a mesma coisa daqui.
    Acaba aqui minha indignação de um evento com muito potencial, de uma empresa com um nome a zelar, que se tornou propaganda política."



    Enviei esse email para 4 endereços diferentes da Microsoft hoje, as únicas respostas que me dão é pra mandar pelo site www.centrodeinovacao.org.br (que nem tem endereço pra contato) e pelo MSDN.

    Espero que aqui alguém da empresa leia e passe pra um responsável.

    Vocês fizeram o curso esse ano também? Eu fiz a primeira etapa só, desse jeito nem volto pra segunda...

     

    Só para adicionar uma voz ao coro, realmente, a primeira fase em Araraquara foi deprimente. Pra piorar, acabei voltando pra lá hj para a segunda fase e a desorganização ainda impera. Um grupo de alunos teve de ser transferido para outra faculdade já que aquela onde nós deveríamos ter iniciado o curso simplesmente não abriu. A faculdade para a qual fomos transferidos tinha máquinas com processadores celeron com 1 GHz e 256 Mb de ram pra rodar o Visual Web Developer 2005. Outra péssima impressão que tive foi que todos os que fizeram a primeira fase passaram para a segunda, já que vários não tinha qualquer conhecimento de programação. Não sabiam fazer coisas muito mais básicas do que aquelas que foram pedidas na primeira prova.

    terça-feira, 29 de abril de 2008 00:42
  •  

    eh

     

    kd vez mais fica comprovada a falta de credibilidade desse curso, vejo no orkut mta gnt dizendo q passou e tal e nao vai fzer, pq a "microsoft" nao confirmou a presenca de todos q passaram ?

     

    eu tenho uma noção de DEV e nao passei, alguns amigos q ja trabalham a algum tempo com INFRA tb nao passaram

     

    enqnt kem nao sabe nada passou...como ?

     

    será q isso ta relacionado aos invelopes abertos invez de estarem lacrados e abertos na frente dos alunos ou será q tem haver ao nao poder rever a prova e saber os pontos que cada um fez ?

     

    a prova parece nao ter sido levada em conta, parece q escolheram as pessoas por sorteio

    terça-feira, 29 de abril de 2008 01:08
  • Realmente, houve uma falta de organização na 1ª Etapa e um certo despreparo dos instrutores na 2ª. Mas a vida é assim, precisamos aproveitar as oportunidades que temos não importa quais as dificuldades, pois não é todo mundo que pode pagar um curso, por mais básico que seja, de Windows 2003 ou de Programação.

    sexta-feira, 2 de maio de 2008 20:18
  • O mesmo grupo responsável por organizar o S2B é aquele responsável pelos programas da microsoft?

    Uma apresentação linda... Por trás, falhas, vulnerabilidades, falta de responsabilidade e compromisso, adaptações.

     

    Tudo bem, só esperar por um Patch da 1a Fase e quem sabe um 2a Fase Service Pack 1.

     

    ---

     

    Essa idéia de "é de graça, tudo bem ser assim" não acho que seja uma boa. Há o nome(s) da(e) empresa(s) em jogo.

    Se for pra ser feito nas coxas, que nao seja feito.

     

    Mais que a credibilidade das empresas, há o tempo/empenho dos participantes.

    sábado, 3 de maio de 2008 03:22
  • Ow

    Brincadeira...

    Nao sei se alguem vai ler isso mas...
    Eu to fazendo o curso da segunda etapa, 4o dia... o instrutor nao veio pelo segundo dia e deixou o monitor passando um video qualquer baixado da internet....

    po, se fosse pra ter aula com professores qualificados como o Windows Media Player eu faria isso em casa, sozinho....

    Tem gente q ta aqui boiando...

    Ah,, a cidade eh Araraquara.
    segunda-feira, 5 de maio de 2008 10:59
  • Hoje o "monitor" colocou um vídeo aleatório de banco de dados distribuídos que, supostamente, era pra aprendermos SQL, mas, depois de 20 minutos de vídeo, não vi uma query. Nem menção a SQL. O cara simplesmente não sabia o assunto, pegou um vídeo na net e colocou pra gente ver. Para mim, que viajo todos os dias pra ir ao curso, é extremamente decepcionante. Espero que mudem esse programa pra São Carlos no ano que vem.

    segunda-feira, 5 de maio de 2008 11:09
  • haha...
    sorte q eu desisti de fazer a segunda fase...
    Araraquara não tem salvação mesmo...
    segunda-feira, 5 de maio de 2008 16:17
  • Aki em São José dos Campos - Sp, já está na segunda realização do s2b, a carga horaria foi aumentada pra 40 horas e tem um empresa da cidade dando suporte....

    Fui fazer a primeira fase e tem um cara mto bom na coordenação do s2b mais tbm houve uma forte apelação politica, diga-se de passagem totalmente desnecessaria...mas foi mto bem organizado.

    Comecei a fazer a primeira etapa de dev hj mais o instrutor nao veio mais esta confirmado para amanha...

    Alguem ja conseguiu alguma certificação que foi paga pelo centro de inovação ?
    segunda-feira, 5 de maio de 2008 18:36
  • Oi Danilo,

    Minha primeira certificação, de Microsoft Certified Partner (MCP), foi o centro de inovação quem custeou (eu paguei e depois fui reembolsado).


    Isso abriu várias portas para mim. Hoje já acumulo além desta, mais duas certificações.

    Abraços,
    Thiago Zavaschi
    segunda-feira, 5 de maio de 2008 20:08
  •  Thiago Zavaschi wrote:
    Oi Danilo,

    Minha primeira certificação, de Microsoft Certified Partner (MCP), foi o centro de inovação quem custeou (eu paguei e depois fui reembolsado).


    Isso abriu várias portas para mim. Hoje já acumulo além desta, mais duas certificações.

    Abraços,
    Thiago Zavaschi

     

     

    como isso ?

     

    nao intendi

     

    explica melhor ae

    terça-feira, 6 de maio de 2008 05:15
  • Uma das "promessas" no primeiro dia do evento s2b era que os melhores alunos com os melhores projetos teriam suporte do centro de inovação nas certificações isso incluia varios materiais focados pra prova e o pagamento da prova de certificação.


    terça-feira, 6 de maio de 2008 12:39
  • Thiago e Danilo,

    Explicando melhor:

    Realizei o mesmo programa, no entanto, no ano passado ele era chamado de ProForm (Programa de Formação).
    Ao final do programa paguei, realizei a prova de certificação (70-536) e fui reembolsado.
    Estas eram as regras do programa.
    E o reembolso era independente se você era aprovado ou não no exame.

    Eu passei na prova de certificação, entrei no centro de inovação, fiquei lá cerca de um mês e já fui contratado.

    Abraços,
    Thiago Zavaschi
    terça-feira, 6 de maio de 2008 12:56
  • Ah, esqueci de comentar.

    Após o período do proform havia uma data limite para a realização da prova para ter direito ao reembolso, foram quase dois meses de prazo para a preparação, os profissionais que trabalhavam no centro de inovação foram alocados para ajudar quem precisasse, bastava avisar o dia em que iria.

    Acredito que o programa aqui foi satisfatório.
    Abraços.
    terça-feira, 6 de maio de 2008 13:01
  • maneiro kra

     

    conseguiu o emprego gracas ao S2B ?

     

    seu curriculo foi colocado no site deles e t xamaram por la ?

    terça-feira, 6 de maio de 2008 15:41
  • Na epoca nao tinha um "site deles", mas recolheram nossos currículos e rapassaram para as empresas, e também ao término teve um sábado que foi uma feira de empregos, onde tiveram diversas empresas e os alunos que realizaram o programa puderam entrar em contato, fazer entrevistas e etc.

    Após isso eu fui chamado para entrar no centro de inovação,e por aí foi.

    Abraços,
    Thiago Zavaschi
    terça-feira, 6 de maio de 2008 16:34
  • aew galera...

    to fazendo o S2B em Belo Horizonte....

    to achando muito massa.. to fazendo Infra...

    porem reconheco q a organizacao nao é boa... o prof as vzes fica perdido qdo se pergunta a respeito de alguma coisa especifica da Microsoft......

    e ai ja viu neh ehhehe

    mas o prof aki eh bom sim....


    agora , gostaria de saber como eh a terceira etapa.. alguem ai q ja fez ??? a fase 3 de INFRA??

    com q eh? kalk foi o seu projeto?

    vlwww galera

    inte
    quarta-feira, 7 de maio de 2008 23:00
  • Pois é... Também entrei, e estou na segunda etapa.

    Mas estou na parte de desenvolvimento.

    Boa sorte a todos.

    =)

    terça-feira, 13 de maio de 2008 04:27
  • http://www.orkut.com/CommMsgs.aspx?cmm=41065562&tid=2599598622480392973&start=1

    prova d q o programa nao tem credibilidade

    antes da prova 1 pessoa ja tinha as perguntas
    quarta-feira, 14 de maio de 2008 01:31
  • 1 etapa = vejo o gabarito junto das provas, provas todas abertas
    fiz a prova, nao fui mal e assim como amigos q ja trabalham com infra a tempo e foram mtu bem, fui REPROVADO, enqnt kem nao sabia nada passou

    2 etapa = prova vazou e ta na net, nego tudo decorou as respostas e mais 1x kem nao sabe nada vai passar e ser aprovado, enqnt kem sabe e erra 1 ou 2 eh REPROVADO

    3 etapa = devem facilitar a vida deles denovo e kem nao sabe nada vai ganhar o certificado


    realmente, uma vergonha
    quarta-feira, 14 de maio de 2008 02:48
  •  

    Pois é, Thiago.

    A prova vasou. Eu encontrei este material na madrugada de ontem. Achei estranho, e tentei me comunicar com o autor do tópico para saber como ele soube antes mas sem resposta.

     

    Não é justo com muitos estudantes como eu, que estudaram TODOS os dias para passar neste curso fique atrás de camaradas que apenas deram CTRL C e CTRL V numa comunidade, pedindo resposta.

    Esperamos uma atitude em relação ao problema.

    quarta-feira, 14 de maio de 2008 02:50
  • Caros,

     

    cuidado apenas ao generalizar. Não é porque determinado instrutor de determinada turma não honrou seus compromissos que o programa cai em descrédito. Se foi o caso, certamente a Microsoft tomará as devidas providências.

     

    Fui instrutor da turma de infra-estrutura em Brasília - DF e posso afirmar que aqui tudo se passou dentro da normalidade. Tanto minha turma quanto a de desenvolvimento tiveram aulas normais, com parte teórica e prática e abordando todo o conteúdo das provas foco. Fizemos alguns laboratórios, outras sessões sobre assuntos extras relacionados. Os alunos mais estudiosos se saíram bem, outros menos nem tanto. E certamente bons talentos irão aparecer até a última etapa. Repito: não se preocupem quanto aos problemas relatados. Eles foram reportados e a Microsoft tomará as devidas providências para que os propósitos do curso sejam cumpridos.

    Cordialmente,

    quarta-feira, 14 de maio de 2008 03:27
  •  

    Dentro da anormalidade deve estar Araraquara.

     

    O loco.

    Nao deu pra aproveitar nada da 2a etapa.

    Parece que foi feito so pra cumprir tabela.

    Ridiculo

     

    E a prova ter vazado... nossa

    Lamentavel mesmo

     

    Se eu passar, vamo ver como vai ser a terceira etapa, com mais video-aula baixado diretamente da "Maicrosofiti"

     

    fui

    quarta-feira, 14 de maio de 2008 14:26
  • Aqui em São José dos Campos - Sp, na primeira edição do S2B, teve fortes indicios de fraude, visto que todos os alunos de uma faculdade local foram aprovados.

    Mais o maior problema aki é que na segunda etapa de realização uma local de realização do curso teve instrutor e no outro local de realização o curso teve ser cancelado , sem data certa para retorno o que é uma pena.
    quarta-feira, 14 de maio de 2008 14:43


  • Bom soube que a prova de 2 etapa de DEV foi anulada e concerteza também concordo com essa atitude, mais deixar proseguir a 2 etapa de INFRA, acho que não foi de certa forma uma atitude legal! Se vasou a prova de DEV, concerteza a prova de INFRA não deve ter sido diferente, não?! Ou alguem me garante isso? Bom acho que ambas provas deveriam ser anuladas, e serem marcadas novamente! Pelo menos assim acho que minimiza toda esta bagunça que infelizmente estamos vendo!

    Att!
    quinta-feira, 15 de maio de 2008 03:57
  •  

    Existe uma confirmação oficial sobre o cancelamento da prova?
    Não tem nada escrito a respeito no Proform.

    quinta-feira, 15 de maio de 2008 04:06
  • Sim, o coodenador do curso ja informou hoje mesmo que apenas prova de DEV foi anulada em âmbito nacional, onde até sexta feira será passada mais informações sobre a nova data da prova! Prova de infra ta confirmada e não haverá novo concurso!
    quinta-feira, 15 de maio de 2008 04:14
  • Apenas para constar e adicionar um comentário ao post do Roberto M. Braga.

    Não se deve em hipótese alguma generalizar os erros cometidos em algumas cidades. Trabalho no Centro de Inovação Microsoft de São José do Rio Preto e fui instrutor de DEV em 2 turmas e posso garantir que a organização, desde a alocação de salas e softwares necessários (VMs, VS 2005, SQL) até a reformulação do material passado e laboratórios, foi feita com total cuidado e de forma mais didática possível.

    Com relação a prova, foi realizada com a mais absoluta ética. Percebemos que aquelas pessoas que realmente levaram o curso a sério foram muito bem e, obviamente, aquelas que nem tanto tiveram índices baixos de acertos.

    Cordialmente,

    quinta-feira, 15 de maio de 2008 15:00
  • Esse s2b foi ridículo. Em Araraquara haviam pessoas sem a MÍNIMA noção de programação fazendo a segunda fase. A impressão era até que os monitores estavam nesse time de pessoas que não sabiam o que estava acontecendo. Mais de uma vez não havia professor e o monitor ou passou um vídeo aleatório ou disse que o tempo livre era pra nós "estudarmos". Eu viajei 80 km por dia pra cursar esse negócio e nem aula tivemos. Eu chuto que, dentro daquela gama de apresentações disponíveis no site do centro de inovação, vimos uns 15% do conteúdo. A estrutura também era péssima. Rodar o Visual Web Developer em computadores Celeron com 900 MHz e 256 Mb de ram não é fácil. Metade da sala terminou a segunda fase com úlcera. Agora me aparece essa palhaçada de prova vazada. O caixão está fechado. Não volto pra fazer a prova da segunda etapa novamente.
    quinta-feira, 15 de maio de 2008 15:42
  • Amigo, acho pouco provavel que a  prova nao seja anulada de infra, ja que circulou na net  antes da mesma

    aguardo um curso justo
    quinta-feira, 15 de maio de 2008 21:25
  • Foda é q ninguem fala nada, ficam mandando email dizendo q a prova mudou mas ninguem fala nada

    Uma merda

    Provavelmente quem vai dar a video aula na 3a etapa é o Mister Gibson

    Lamentavel

    Fecho o caixao tbm
    quinta-feira, 15 de maio de 2008 21:53
  • mais lamentavel ainda eh o mlq q postou a prova no orkut dizendo

     

    "por issu falo para os demais como é bom ser filho de politico no brasil"

     

    "

    "Que bonitinho dos gays namorando sozinhos bando de gays aídeticos se esqiuecerem que estão no Brasil aqui nada funciona heim "

    sexta-feira, 16 de maio de 2008 02:27
  • Deprimente, mesmo.
    É como falei no fórum. Ele pode ter fraudado a prova, mas não irá muito longe profissionalmente com a mesma.

    De qualquer forma, no site do Proform, na parte do cronograma. Já existe uma data para a nova avaliação.
    Devemos esperar.

    sexta-feira, 16 de maio de 2008 04:17
  • Filho de político e BURRO pra carai tbm
    sexta-feira, 16 de maio de 2008 04:43
  • Profile do cabaço q diz q tem as costas quente e por isso passou pra 3a etapa, como ele mesmo diz.

    Somos todos idiotas mesmo e ele espertao.
    Falou figurinha, boa sorte ai na sua vida

    http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=814198614356739610
    sexta-feira, 16 de maio de 2008 04:49
  • galera, criei um topico sobre o vazamento de provas de infra, ontem a noite, adicionei aos favoritos e verifico que hoje ja nao existe mais o topico, estou impressionado, liberdade de expressão total hem.

    bem vindo ao mundo Microsoft.. voce está satisfeito? SIM , então vamos mostrar sua opinião. Não? então sua opinião sera apagada
    segunda-feira, 19 de maio de 2008 12:30
  • Fala Leandro, blz?

    Cara, o seu tópico pode ter sido apagado por se tratar de um assunto de Infra em um Fórum de Dev.
    Poste novamente esse tópico, só que agora coloque no Forum da TechNet, com certeza lá permanecerá sua opinião.

    Se não pudessemos nos expressar, já teriam apagado esse segmento que estamos conversando. Concorda que são algumas opniões "contra" o programa.  E nem por isso o segmento foi aliminado.

    Abs,
    segunda-feira, 19 de maio de 2008 12:42
  • Queria ao menos saber o nome e e mail do cara que apagou meu topico.

    To acostumado com forum do clube do hardware, gdh, baboo,ubuntu,forumdebian.. Pô, se alguem posta fora do lugar eles movem o topico e avisam, na pior das hipoteses quando o cara posta propaganda ou algo que nao condiga com o forum, eles avisam pro cara o porque e apagam o topico ou até dão a chance do cara retirar.

    não é igual ao forum daqui, que eu posto uma parada, no dia seguinte venho olhar e sumiu e não sei porque, nao me avisaram que coloquei no lugar errado. cai do google diretamente aqui falando sobre s2b e dai nem prestei atenção que é so dev essa parada.  malzão isso. satisfação 0 do usuário, "quem manda sou eu apago e nao preciso te explicar por que. sou o adm,o manda chuva" tipo um chuck norris o cara que apagou.

    flw
    quinta-feira, 22 de maio de 2008 04:00
  • Entao cara...
    eu recebo todas as respostas desse topico por email, na hora que as pessoas mandam, e tenho todos guardados aqui...
    a unica mensagem com o seu nome é essa


    "Amigo, acho pouco provavel que a  prova nao seja anulada de infra, ja que circulou na net  antes da mesma

    aguardo um curso justo"


    Talvez tenha dado algum problema na hora do envio... mas nao acredito que alguem tenha apagado...
    quinta-feira, 22 de maio de 2008 04:18