none
Impostos Retail RRS feed

  • Pergunta

  • Caros,

    Preciso de um auxilio sobre o cadastros dos impostos para o Retail. Caso alguém tenha alguma dica será de grande ajuda.

    Att

    Leticia Muto

    quinta-feira, 17 de janeiro de 2013 13:44

Todas as Respostas

  • Olá, Letícia.

    Não há grandes segredos. Basicamente você configura o trio ICMS+PIS+COFINS para os produtos de Retail. Quando o ICMS for tributado, você coloca uma alíquota na configuração desse imposto no AX e ele pode ter qualquer código.

    Para os impostos Fn (substituição tributária), Nn (não tributado) e In (isento), você coloca exatamente como o PAF especifica no campo "Código do imposto" (e.g. "F1", "N1", etc.) e com alíquota 0%.

    Outros detalhes você pode encontrar no white paper da localização do produto:

    https: // mbs.microsoft.com / partnersource / support / selfsupport / hottopics / MSD_AX2009RetailLocalFunctionalityBrazil_ptb.htm

    Att.,

    Daniel Landi

    segunda-feira, 21 de janeiro de 2013 12:17
  • Olá Daniel,

    Quando deixo o grupo de impostos sobre vendas do item fixo no cadastro do item ele integra normalmente com o POS, porém pela matriz não estou tendo sucesso com a integração. Assisti um vídeo do Alexandre Thizon mostrando essa parametrização, sabe me dizer se realmente os grupo de impostos sobre vendas do item tem que ser fixo no cadastro do item? Caso contrario devo estar com algum problema de integração mesmo.

    Obrigada 

    Leticia Muto

    segunda-feira, 21 de janeiro de 2013 13:10
  • Olá Letícia,

    As vendas realizadas no POS/PDV não suportam determinação do grupo de impostos pelo CFOP. Ao invés disso, cada loja tem um grupo de impostos de venda configurável. A intersecção desse grupo de impostos da loja com o grupo de impostos do item é que dará o imposto a ser enviado para a impressora.

    O white paper (link acima) do Mauro Silva cita que a determinação pelo CFOP não é suportada. Talvez tenha causado confusão que lá cita a configuração do imposto do POS no Taxes matrix, o que é realmente desnecessário.

    Att.,

    Daniel Landi

    quinta-feira, 24 de janeiro de 2013 12:45