locked
Duvida sobre Migração VS 2003 com SourceSafe para VSTS RRS feed

  • Pergunta

  • Caros,

    estamos com um dilema aqui: Atualmente estamos desenvolvendo no CLR 1.1, usando VS 2003 com SourceSafe, afinal são 4 desenvolvedores compartilhando 10 projetos integrados. A minha principal dúvida é: como funciona o VSTS em relação a compartilhamento? Ele possui SourceSafe também? Quais os pré-requisitos para implementar a nosa idéia do VSTS? Acontecerá alguma influencia em relação à solução atual no VS 2003 em relação ao SourceSafe atual?

    Bom, qualquer ajuda vale!

    Muito grato desde já!

    quarta-feira, 20 de setembro de 2006 19:30

Respostas

  • Olá Eder,

    Com relação ao seu cenário atual, 4 developers, a versão de VSTS que mais lhe enquadra é a Team Foundation for workgroup que permite a utilização de até 5 usuários simultâneos economizando a necessidade de ter um servidor com AD (Active Directory) em sua empresa. Quanto ao Source Safe, VSTS tem o Source Control que é uma grande evolução do Source Safe, quanto aos pré-requisitos você vai precisar de no mínimo um servidor com:

    - Windows 2003 Server
    - Sharepoint Services
    - SQL Server 2005

    É importante ficar atento que o VSTS se divide praticamente em 5 partes:

    - VSTS for Architects
    - VSTS for Developers
    - VSTS for Testers
    - VSTS for Database Administrators

    e o TF - Team Foundation que é a base do Visual Studio...

    Eu escrevi vários artigos sobre as bases dos Visual Studio, pode saber mais nos seguintes links:

    » Série - Visual Studio Team System – na prática (Team Foundation Server Workgroup Edition)
    » Série - Visual Studio Team System na prática - Work Items
    » Série - Visual Studio Team System na prática - Infra-estrutura e desenvolvimento
    » Série - Visual Studio Team System na prática - Criando o primeiro projeto
    » Série Visual Studio Team System na prática - Preparando o ambiente de trabalho (Servidor)
    » Trabalho colaborativo com Visual Studio 2005 Team System (parte 4) - Code Coverage
    » Trabalho colaborativo com Visual Studio 2005 Team System (parte 3) - Viajando pelo Work Item Tracking
    » Trabalho colaborativo com Visual Studio 2005 Team System (parte 2)
    » Trabalho colaborativo com Visual Studio 2005 Team System

    http://www.microsoft.com/brasil/msdn/Tecnologias/vs2005/VSTSVisaoGeral.mspx?mfr=true


     

    []´s

    quinta-feira, 21 de setembro de 2006 03:33
  • Eder, em resumo, o VSTS já acompanha uma ferramenta própria para controle de versão, reescrita do zero, que como o Marcio falou é de responsabilidade do componente servidor do VSTS (o Team Foundation). Mas ainda há a opção de você optar por usar o SourceSafe integrado com o VSTS em vez do controle de versão próprio dele. Algumas diferências para contextualizar:

     

     

    Visual SourceSafe 2005
    Visual Studio 2005 Team Foundation
    Descrição
     Controle de Versão
    Suporte ao Ciclo de Desenvolvimento
    Tamanho do Time
    Indivíduos e Pequenos Times
    Grandes Times
    Armazenamento
    Sistema de Arquivos
    SQL Server 2005
    Segurança
    Específica
    Integrada com Windows
    Acesso Remoto
    Opcional (Web Service + VS.NET)
    Web Service

    Ressalto que o mais interessante na verdade é que o controle de versão do VSTS na verdade é integrado aos demais elementos do ciclo de vida do projeto. Por exemplo, é possível associar um elemento (work item) do tipo "bug" a um elemento do tipo "mudança de código", que representa os arquivos modificados para corrigir o tal bug. Na hora do check-in, a associação é feita e todos da equipe ganham muito em rastreabilidade, não só de código mas de todos os artefatos/itens do projeto!

    []s
    -- AFurtado

    quinta-feira, 19 de outubro de 2006 22:23
  • Agora, falando especificamente sobre sua dúvida:

    O VS 2003 pode usar dois controles de versão: o SourceSafe (6.0d ou 2005) e o Team Foundation Server.

    • SourceSafe 6.0d: É a versão que você usa hoje. Tem todos os problemas conhecidos do VSS, mas não gera nenhum custo adicional;
    • SourceSafe 2005: Para equipes pequenas ou para desenvolvedores individuais. O SourceSafe 2005 faz parte do Team system, ou seja, para ter direito ao uso do VSS você precisa de uma assinatura do MSDN Premium com alguma Team Edition (Architect, Developer, Tester ou Suite) do Visual Studio 2005. Nesse caso, você tem diversas melhorias de performance em relação à versão anterior - mas continua sendo o SourceSafe;
    • Team Foundation Server: Pode ser usado no VS 2003 como substituto do VSS. Você tem uma ferramenta de migração (VSSConverter) que transfere os dados do VSS para o TFS; e o TFS MSSCCI Provider, que faz a interface entre o VS 2003 e o TFS.

    Se você optar pelo Team Foundation Server, pode escolher uma das duas versões disponíveis:

    • Workgroup Edition: Incluída na assinatura MSDN Premium com uma Team Edition (não vale para a assinatura do VS Professional 2005), e limitada a cinco usuários;
    • Standard Edition: Deve ser adquirida à parte. Não está disponível em nenhuma assinatura MSDN e não tem limitações de usuários, mas requer a aquisição de CALs (Client Access License).

    Importante: A única diferença entre as versões Workgroup e Standard é o modelo de licenciamento. Todas as outras funcionalidades (integrado ou não com AD inclusive) são idênticas nas duas versões.

    Em resumo: Se você já tiver uma assinatura MSDN Premium com VS 2005 Team Edition, então a solução ideal para seu desenvolvimento em VS 2003 é o TFS Workgroup Edition - lembrando do limite de 5 usuários.

     

    sábado, 21 de outubro de 2006 17:09

Todas as Respostas

  • Olá Eder,

    Com relação ao seu cenário atual, 4 developers, a versão de VSTS que mais lhe enquadra é a Team Foundation for workgroup que permite a utilização de até 5 usuários simultâneos economizando a necessidade de ter um servidor com AD (Active Directory) em sua empresa. Quanto ao Source Safe, VSTS tem o Source Control que é uma grande evolução do Source Safe, quanto aos pré-requisitos você vai precisar de no mínimo um servidor com:

    - Windows 2003 Server
    - Sharepoint Services
    - SQL Server 2005

    É importante ficar atento que o VSTS se divide praticamente em 5 partes:

    - VSTS for Architects
    - VSTS for Developers
    - VSTS for Testers
    - VSTS for Database Administrators

    e o TF - Team Foundation que é a base do Visual Studio...

    Eu escrevi vários artigos sobre as bases dos Visual Studio, pode saber mais nos seguintes links:

    » Série - Visual Studio Team System – na prática (Team Foundation Server Workgroup Edition)
    » Série - Visual Studio Team System na prática - Work Items
    » Série - Visual Studio Team System na prática - Infra-estrutura e desenvolvimento
    » Série - Visual Studio Team System na prática - Criando o primeiro projeto
    » Série Visual Studio Team System na prática - Preparando o ambiente de trabalho (Servidor)
    » Trabalho colaborativo com Visual Studio 2005 Team System (parte 4) - Code Coverage
    » Trabalho colaborativo com Visual Studio 2005 Team System (parte 3) - Viajando pelo Work Item Tracking
    » Trabalho colaborativo com Visual Studio 2005 Team System (parte 2)
    » Trabalho colaborativo com Visual Studio 2005 Team System

    http://www.microsoft.com/brasil/msdn/Tecnologias/vs2005/VSTSVisaoGeral.mspx?mfr=true


     

    []´s

    quinta-feira, 21 de setembro de 2006 03:33
  • Eder, em resumo, o VSTS já acompanha uma ferramenta própria para controle de versão, reescrita do zero, que como o Marcio falou é de responsabilidade do componente servidor do VSTS (o Team Foundation). Mas ainda há a opção de você optar por usar o SourceSafe integrado com o VSTS em vez do controle de versão próprio dele. Algumas diferências para contextualizar:

     

     

    Visual SourceSafe 2005
    Visual Studio 2005 Team Foundation
    Descrição
     Controle de Versão
    Suporte ao Ciclo de Desenvolvimento
    Tamanho do Time
    Indivíduos e Pequenos Times
    Grandes Times
    Armazenamento
    Sistema de Arquivos
    SQL Server 2005
    Segurança
    Específica
    Integrada com Windows
    Acesso Remoto
    Opcional (Web Service + VS.NET)
    Web Service

    Ressalto que o mais interessante na verdade é que o controle de versão do VSTS na verdade é integrado aos demais elementos do ciclo de vida do projeto. Por exemplo, é possível associar um elemento (work item) do tipo "bug" a um elemento do tipo "mudança de código", que representa os arquivos modificados para corrigir o tal bug. Na hora do check-in, a associação é feita e todos da equipe ganham muito em rastreabilidade, não só de código mas de todos os artefatos/itens do projeto!

    []s
    -- AFurtado

    quinta-feira, 19 de outubro de 2006 22:23
  • Agora, falando especificamente sobre sua dúvida:

    O VS 2003 pode usar dois controles de versão: o SourceSafe (6.0d ou 2005) e o Team Foundation Server.

    • SourceSafe 6.0d: É a versão que você usa hoje. Tem todos os problemas conhecidos do VSS, mas não gera nenhum custo adicional;
    • SourceSafe 2005: Para equipes pequenas ou para desenvolvedores individuais. O SourceSafe 2005 faz parte do Team system, ou seja, para ter direito ao uso do VSS você precisa de uma assinatura do MSDN Premium com alguma Team Edition (Architect, Developer, Tester ou Suite) do Visual Studio 2005. Nesse caso, você tem diversas melhorias de performance em relação à versão anterior - mas continua sendo o SourceSafe;
    • Team Foundation Server: Pode ser usado no VS 2003 como substituto do VSS. Você tem uma ferramenta de migração (VSSConverter) que transfere os dados do VSS para o TFS; e o TFS MSSCCI Provider, que faz a interface entre o VS 2003 e o TFS.

    Se você optar pelo Team Foundation Server, pode escolher uma das duas versões disponíveis:

    • Workgroup Edition: Incluída na assinatura MSDN Premium com uma Team Edition (não vale para a assinatura do VS Professional 2005), e limitada a cinco usuários;
    • Standard Edition: Deve ser adquirida à parte. Não está disponível em nenhuma assinatura MSDN e não tem limitações de usuários, mas requer a aquisição de CALs (Client Access License).

    Importante: A única diferença entre as versões Workgroup e Standard é o modelo de licenciamento. Todas as outras funcionalidades (integrado ou não com AD inclusive) são idênticas nas duas versões.

    Em resumo: Se você já tiver uma assinatura MSDN Premium com VS 2005 Team Edition, então a solução ideal para seu desenvolvimento em VS 2003 é o TFS Workgroup Edition - lembrando do limite de 5 usuários.

     

    sábado, 21 de outubro de 2006 17:09