none
Boas práticas na construção de tabelas RRS feed

  • Pergunta

  • Olá,

    Que regras é que voces usam para construir as vossas tabelas?

    Existem regras para construir tabelas e relações entre elas? Quais?

    Obrigado

    terça-feira, 26 de fevereiro de 2013 23:42

Todas as Respostas

  • Jonas,

    Regras em que sentido?

    Se formos partir para uma analise de orientação a objeto uma pratica (Mas nunca uma regra) da modelagem UML diz que as tabelas devam ser de simples nomenclatura, no singular aonde só de ler o nome ja é possivel identificar do que se trata, por exemplo, sua antiga tabela de clientes chamada USR_TB_TAB_CLI_SIS passara a se chamar Cliente.

    Eu possuo padrões, aonde eu coloco por exemplo todos os campos de flag no final e os campos que compoe a chave primaria no começo, não que isso faça diferença na hora da programação ou performance, mas acho que sua leitura fica um pouco mais simples.


    Fabrizzio A. Caputo
    MCT
    Certificações:
    Oracle OCA 11g
    MCITP SQL Server 2008 Implementation and Maintenance
    MCITP SQL Server 2008 Developer
    ITIL V3 Foundation
    Blog Pessoal: www.fabrizziocaputo.wordpress.com
    Twitter: @FabrizzioCaputo
    Email: fabrizzio.antoniaci@gmail.com

    quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013 11:51
    Moderador
  • Jonas...

    Seu questionamento ficou um pouco vago.

    Mas.... comece com um padrão e termine com o mesmo.

    Referente a tudo... desde nomes de campos, passando por stored procedures etc...

    Como referencia posso citar esse artigo.


    Não esqueça de marcar o post como útil caso tenha te ajudado.

    quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013 11:53
  • Fabrizzio,

    Meus 2 cents... O problema que eu vejo dessa abordagem é que cada novo campo criado que não seja uma flag exige e a reconstrução da tabela e não um simples add column, mas é uma prática que eu já peguei.


    quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013 14:56
  • Jonas,

    Vou na mesma linha de raciocínio e trabalho do Fabrizzio.


    Pedro Antonio Galvão Junior [MVP | Microsoft Evangelist | Microsoft Partner | Engenheiro de Softwares | Especialista em Banco de Dados | SorBR.Net | Professor Universitário | MSIT.com]

    quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013 17:30
  • Logan,

    Também é algo que devemos pensar, pois o processo de alteração da estrutura de uma tabela aparentemente é muito simples, mas internamente isso exige um grande retrabalho do SGBD.


    Pedro Antonio Galvão Junior [MVP | Microsoft Evangelist | Microsoft Partner | Engenheiro de Softwares | Especialista em Banco de Dados | SorBR.Net | Professor Universitário | MSIT.com]

    quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013 17:32