none
Trabalhando com LINQ RRS feed

  • Pergunta

  • Bom dia...

    Sou novo na parte de desenvolvimento .net e comecei a estudar sobre o linq to sql para começar a desenvolver utilizando-o e apareceram algumas dúvidas relacionadas ao assunto, segue abaixo:


    1 - O arquivo .dbml é apenas um por aplicação? Eu crio um e puxo todas as "tabelas" dentro dele ou crio um por tabela?
    2 - Quando estancio o Context, estancio apenas um para a aplicacao toda ou posso estanciar um por consulta?
    3 - É melhor eu utilizar o LINQ ou continuar usando o DATASET ligado com procedure? Em questao de seguranca e desempenho, qual é melhor?
    4 - O linq to sql é bastante utilizado em desenvolvimento web?


    Desde ja agradeço!!!


    Valeu!!!
    segunda-feira, 27 de abril de 2009 12:06

Respostas

  • Olá Rafasax,

    1 . Você pode ter quantos dbml quizer mais isso só faria sentido se você estiver trabalhando com mais de um banco de dados caso contrario você só precisa de um, com todas as tabelas que você vai trabalhar.

    2. Você deve difinir no escopo da classe , não há necessidade de criar apenas uma instância do objeto para toda aplicação  e também não há necessidade de criar uma instância cada vez que você precisar do Context. E mais uma questão de boas praticas de programação.

    3. O linq já previne alguns probremas de segurança com por exemplo  Sql Injection linq é seguro sobre performance depende do cenário cada caso e um caso ,isso e o tipo de decisão que só você pode definir , sobre DataSet ligado com procedure você pode fazer a mesma coisa com linq também , então seria a mesma coisa.

    4. Linq to Sql não terá mais atualizaçãoes então sugiro que você utilize Entity Framework.
    Se a resposta for útil por favor não esqueça de marca.
    Abraços,
    www.danielfonsecacastro.com.br
    Daniel Fonseca Castro
    • Marcado como Resposta Rafael.Moreno segunda-feira, 27 de abril de 2009 16:13
    segunda-feira, 27 de abril de 2009 12:50
  • Esse artigo conseguiu esclarecer o assunto...

    http://www.macoratti.net/08/09/lnq_ent1.htm


    Valeu!!!
    • Marcado como Resposta Rafael.Moreno segunda-feira, 27 de abril de 2009 16:24
    segunda-feira, 27 de abril de 2009 16:24

Todas as Respostas

  • Olá Rafasax,

    1 . Você pode ter quantos dbml quizer mais isso só faria sentido se você estiver trabalhando com mais de um banco de dados caso contrario você só precisa de um, com todas as tabelas que você vai trabalhar.

    2. Você deve difinir no escopo da classe , não há necessidade de criar apenas uma instância do objeto para toda aplicação  e também não há necessidade de criar uma instância cada vez que você precisar do Context. E mais uma questão de boas praticas de programação.

    3. O linq já previne alguns probremas de segurança com por exemplo  Sql Injection linq é seguro sobre performance depende do cenário cada caso e um caso ,isso e o tipo de decisão que só você pode definir , sobre DataSet ligado com procedure você pode fazer a mesma coisa com linq também , então seria a mesma coisa.

    4. Linq to Sql não terá mais atualizaçãoes então sugiro que você utilize Entity Framework.
    Se a resposta for útil por favor não esqueça de marca.
    Abraços,
    www.danielfonsecacastro.com.br
    Daniel Fonseca Castro
    • Marcado como Resposta Rafael.Moreno segunda-feira, 27 de abril de 2009 16:13
    segunda-feira, 27 de abril de 2009 12:50
  • Desculpe minha ignorancia... mas o que é Entity Framework???

    Como o utilizo? Qual a diferenca para o Linq to Sql? O .dbml é Linq to sql ne?

    Valeu...
    segunda-feira, 27 de abril de 2009 16:15
  • Achei uma explicação...

    http://www.macoratti.net/08/10/adn_lnqe.htm

    Quer dizer que Linq to SQL nao vai ser mais usado? essa nova Entity Framework vai substituí-la?
    segunda-feira, 27 de abril de 2009 16:19
  • Esse artigo conseguiu esclarecer o assunto...

    http://www.macoratti.net/08/09/lnq_ent1.htm


    Valeu!!!
    • Marcado como Resposta Rafael.Moreno segunda-feira, 27 de abril de 2009 16:24
    segunda-feira, 27 de abril de 2009 16:24