none
DAAB é uma ferramenta ORM? RRS feed

Respostas

Todas as Respostas

  • Felipe,

     

    Os AB são homologados por milhares de profissionais e tem grande credibilidade.

    Muitas empresas utilizam, principalmente em projetos de pequeno porte e que apresentam um cronograma apertado.

     

    Estudar???

    São super práticos não exige mto o que estudar, com pouco tempo de utulização já se consegue boa produtividade.

     

    Abraços.

    terça-feira, 27 de novembro de 2007 18:46
  • Felipe,

     

    o DAAB não é um ORM (Mapeador Objeto-Relacional), mas sim um Data Application Layer Helper (DAL Helper), ou seja, uma camada que ajuda centralizar os comandos de acesso a dados, evitando que os mesmos fiquem espalhados por vários pontos do sistema. Veja:

     

    http://www.linhadecodigo.com.br/Artigo.aspx?id=189

     

    Um ORM é responsável por mapear os objetos da sua aplicação para as tabelas de um banco de dados relacional. O acesso ao banco de dados feito pelo ORM poderia utilizar o DAL Helper. Um exemplo de ORM em .NET é o NHibernate:

     

    http://www.linhadecodigo.com.br/Artigo.aspx?id=546

     

    O Linq to SQL, lançado com o VS 2008/.NET 3.5, também tem essa função:

     

    http://weblogs.asp.net/scottgu/archive/2007/09/07/linq-to-sql-part-9-using-a-custom-linq-expression-with-the-lt-asp-linqdatasource-gt-control.aspx

     


    Ricardo Oneda
    http://oneda.mvps.org/blog

    quarta-feira, 28 de novembro de 2007 13:02
  • Como já foi muito bem explicado, o DAAB (Data Access Application Block) da Enterprise Library é um DAL Helper que centraliza em classes muito bem implementadas através boas práticas de programação todos os artefatos necessários para construir uma DAL (Data Access Layer - Camada de Acesso a Dados) de uma aplicação.

    Ou seja, ele nao é um ORM (Object-Relational Mapper - Mapeador Objeto-Relacional). Para se ter um ORM adotando a Enterprise Library, recomenda-se o uso do EasyObjects.NET (http://www.easyobjects.net).

    Eu estou avaliando o EasyObjects.NET para poder fazer uso dos principais Application Blocks do Enterprise Library, afim de ter produtividade usando blocos de código homologados, padronizados e codificados com boas práticas de programação orientada a objetos.

    Sds.,

    Rubem Rocha
    Manaus, AM


    Sds., Rubem Rocha MCP, MCPD Manaus - AM
    sexta-feira, 3 de junho de 2011 21:25