none
Licença Management Studio RRS feed

  • Pergunta

  • Boa noite!

    Gostaria de saber se para a instalação do SQL Server Management Studio (2008 R2) em estações de trabalho conta como licença  também?

    Adquirimos 3 licenças para 3 servidores e precisamos instalar o Manager Studio em nossas máquinas para facilitar o trabalho e fiquei com dúvida se é contato como licença.

    Obrigado.


    • Editado L. Ribeiro terça-feira, 9 de outubro de 2012 01:39
    terça-feira, 9 de outubro de 2012 01:35

Respostas

  • Se seu licenciamento é por processador, então não importa a quantidade de usuários ou dispositivos que estarão acessando o seu servidor.

    Se for CAL + user/dispositivo, é só garantir que não estará extrapolando o limite da licença.

    Ex.: Se seu licenciamento é CAL de dispositivo e você tem licença para apenas 5 dispositivos, você não pode acessar o SQL de 6 máquinas utilizando o Management Studio.


    Roberson Ferreira - Database Developer
    Acesse: www.robersonferreira.com.br
    Email: contato@robersonferreira.com.br

    Se esta sugestão for útil, por favor, classifique-a como útil.
    Se ela lhe ajudar a resolver o problema, por favor, marque-a como Resposta.

    terça-feira, 16 de outubro de 2012 01:52
  • L.Ribeiro,

    Isso vai depender da forma de licenciamento que você esta trabalhando, se for por CAls, vai ser necessário ter uma licença por usuário e dispositivo.


    Pedro Antonio Galvão Junior [MVP | Microsoft Evangelist | Microsoft Partner | Engenheiro de Softwares | Especialista em Banco de Dados | SorBR.Net | Professor Universitário | MSIT.com]

    quarta-feira, 17 de outubro de 2012 13:13
    Moderador
  • Pessoal,

    o que o L. Ribeiro está falando é do SSMS, apenas a ferramenta de acesso ao BD, e não o database engine. Eu também já passei por essa dúvida, mas sempre opto por instalar o SSMS do Express, pois sei que é de graça mesmo.

    O que ele se refere é em relação ás Shared Features, que são apenas os clients usados pra conectar nos servidores.

    sexta-feira, 19 de outubro de 2012 18:59
  • Leonardo, mas se o licenciamento for, por exemplo, por CAL de dispositivo e a licença dele for para apenas um dispositivo, não importe o que ele use: somente poderá acessar o SQL de um único dispositivo.

    Se ele já comprou a licença, ele não precisa usar o Management Studio Express: pode usar o que já vem na mídia de instalação do Standard.

    Ele pergunta se pode "instalar quantos Management Studio forem necessários em máquinas distintas". Opa! Como assim "quantos forem necessários"?

    Isso está diretamente ligado ao tipo de licença.

    Por isso disse que se o licenciamento for por processador, então não importa a quantidade de usuários ou dispositivos que estarão acessando o servidor. E consequentemente não importa a "quantidade" de Management Studio que serão instalados.

    Na verdade não importa nem se é o Management Studio, pois existem diversas outras formas de acessar e utilizar o serviço do SQL Server.

    Mas nenhuma delas pode ferir o tipo de licenciamento adquirido. Mesmo que se esteja usando uma ferramente de front-end gratuita.


    Roberson Ferreira - Database Developer
    Acesse: www.robersonferreira.com.br
    Email: contato@robersonferreira.com.br

    Se esta sugestão for útil, por favor, classifique-a como útil.
    Se ela lhe ajudar a resolver o problema, por favor, marque-a como Resposta.

    terça-feira, 23 de outubro de 2012 16:36
  • Pessoal,

    Independente do que for ser utilizado e como for ser utilizado, ele vai ter que possuir o CAL de acesso, senão ele estará trafegando dados em sua rede sem licenciamento, isso vale tanto par ao Windows como também para o SQL Server.


    Pedro Antonio Galvão Junior [MVP | Microsoft Evangelist | Microsoft Partner | Engenheiro de Softwares | Especialista em Banco de Dados | SorBR.Net | Professor Universitário | MSIT.com]

    quinta-feira, 25 de outubro de 2012 16:39
    Moderador
  • Sim, Junior. Mas se o tipo de licença dele for por processador físico, ele não precisará das CALs. E aí, justamente, não precisará ter qualquer preocupação (em relação ao SQL) sobre como vai acessar o SQL ou sobre a quantidade de usuários ou dispositivos.

    Mas se for por CAL, terá que tomar cuidado para não violar o licenciamento contratado.


    Roberson Ferreira - Database Developer
    Acesse: www.robersonferreira.com.br
    Email: contato@robersonferreira.com.br

    Se esta sugestão for útil, por favor, classifique-a como útil.
    Se ela lhe ajudar a resolver o problema, por favor, marque-a como Resposta.

    quinta-feira, 25 de outubro de 2012 18:51

Todas as Respostas

  • L. Ribeiro,

    Não é necessário licença não, ainda mais se for a versão Express.


    Pedro Antonio Galvão Junior [MVP | Microsoft Evangelist | Microsoft Partner | Engenheiro de Softwares | Especialista em Banco de Dados | SorBR.Net | Professor Universitário | MSIT.com]

    quinta-feira, 11 de outubro de 2012 14:29
    Moderador
  • No caso vamos usar a versão 2008 standard, no caso posso instalar quantos Management Studio forem necessários em máquinas distintas?

    Obrigado.

    terça-feira, 16 de outubro de 2012 01:48
  • Se seu licenciamento é por processador, então não importa a quantidade de usuários ou dispositivos que estarão acessando o seu servidor.

    Se for CAL + user/dispositivo, é só garantir que não estará extrapolando o limite da licença.

    Ex.: Se seu licenciamento é CAL de dispositivo e você tem licença para apenas 5 dispositivos, você não pode acessar o SQL de 6 máquinas utilizando o Management Studio.


    Roberson Ferreira - Database Developer
    Acesse: www.robersonferreira.com.br
    Email: contato@robersonferreira.com.br

    Se esta sugestão for útil, por favor, classifique-a como útil.
    Se ela lhe ajudar a resolver o problema, por favor, marque-a como Resposta.

    terça-feira, 16 de outubro de 2012 01:52
  • L.Ribeiro,

    Isso vai depender da forma de licenciamento que você esta trabalhando, se for por CAls, vai ser necessário ter uma licença por usuário e dispositivo.


    Pedro Antonio Galvão Junior [MVP | Microsoft Evangelist | Microsoft Partner | Engenheiro de Softwares | Especialista em Banco de Dados | SorBR.Net | Professor Universitário | MSIT.com]

    quarta-feira, 17 de outubro de 2012 13:13
    Moderador
  • Pessoal,

    o que o L. Ribeiro está falando é do SSMS, apenas a ferramenta de acesso ao BD, e não o database engine. Eu também já passei por essa dúvida, mas sempre opto por instalar o SSMS do Express, pois sei que é de graça mesmo.

    O que ele se refere é em relação ás Shared Features, que são apenas os clients usados pra conectar nos servidores.

    sexta-feira, 19 de outubro de 2012 18:59
  • Leonardo, mas se o licenciamento for, por exemplo, por CAL de dispositivo e a licença dele for para apenas um dispositivo, não importe o que ele use: somente poderá acessar o SQL de um único dispositivo.

    Se ele já comprou a licença, ele não precisa usar o Management Studio Express: pode usar o que já vem na mídia de instalação do Standard.

    Ele pergunta se pode "instalar quantos Management Studio forem necessários em máquinas distintas". Opa! Como assim "quantos forem necessários"?

    Isso está diretamente ligado ao tipo de licença.

    Por isso disse que se o licenciamento for por processador, então não importa a quantidade de usuários ou dispositivos que estarão acessando o servidor. E consequentemente não importa a "quantidade" de Management Studio que serão instalados.

    Na verdade não importa nem se é o Management Studio, pois existem diversas outras formas de acessar e utilizar o serviço do SQL Server.

    Mas nenhuma delas pode ferir o tipo de licenciamento adquirido. Mesmo que se esteja usando uma ferramente de front-end gratuita.


    Roberson Ferreira - Database Developer
    Acesse: www.robersonferreira.com.br
    Email: contato@robersonferreira.com.br

    Se esta sugestão for útil, por favor, classifique-a como útil.
    Se ela lhe ajudar a resolver o problema, por favor, marque-a como Resposta.

    terça-feira, 23 de outubro de 2012 16:36
  • É Roberson, faz sentido mesmo se o cara tiver poucas CAL's. Mas no caso não seria a quantidade simultânea de acessos? Por exemplo, o cara do estoque que trabalha somente durante o dia, usaria um ERP Totvs ocupando uma CAL, quando ele desconecta, essa CAL é "liberada" e o usuário da segurança que chega á noite, pode usar o sistema de monitoramento que por ventura usa SQL. Nesse cenário, é uma ou duas licenças?
    terça-feira, 23 de outubro de 2012 16:49
  • Leonardo, neste caso são duas licenças. Não é por simultaneidade.

    Por isso o licenciamento por CAL só é vantajoso quando a empresa tem poucos usuários ou poucos dispositivos.


    Roberson Ferreira - Database Developer
    Acesse: www.robersonferreira.com.br
    Email: contato@robersonferreira.com.br

    Se esta sugestão for útil, por favor, classifique-a como útil.
    Se ela lhe ajudar a resolver o problema, por favor, marque-a como Resposta.

    terça-feira, 23 de outubro de 2012 17:10
  • Pessoal,

    Independente do que for ser utilizado e como for ser utilizado, ele vai ter que possuir o CAL de acesso, senão ele estará trafegando dados em sua rede sem licenciamento, isso vale tanto par ao Windows como também para o SQL Server.


    Pedro Antonio Galvão Junior [MVP | Microsoft Evangelist | Microsoft Partner | Engenheiro de Softwares | Especialista em Banco de Dados | SorBR.Net | Professor Universitário | MSIT.com]

    quinta-feira, 25 de outubro de 2012 16:39
    Moderador
  • Sim, Junior. Mas se o tipo de licença dele for por processador físico, ele não precisará das CALs. E aí, justamente, não precisará ter qualquer preocupação (em relação ao SQL) sobre como vai acessar o SQL ou sobre a quantidade de usuários ou dispositivos.

    Mas se for por CAL, terá que tomar cuidado para não violar o licenciamento contratado.


    Roberson Ferreira - Database Developer
    Acesse: www.robersonferreira.com.br
    Email: contato@robersonferreira.com.br

    Se esta sugestão for útil, por favor, classifique-a como útil.
    Se ela lhe ajudar a resolver o problema, por favor, marque-a como Resposta.

    quinta-feira, 25 de outubro de 2012 18:51
  • Roberson,

    Perfeito, mas eu particularmente nesta parte de licenciamento, prefiro conversar e validar o ambiente sempre com uma consultoria ou parceira Microsoft.

    O licenciamento ao meu ver é um dos maiores problemas que a Microsoft possui e parece que agora esta começando a deixar mais simples.


    Pedro Antonio Galvão Junior [MVP | Microsoft Evangelist | Microsoft Partner | Engenheiro de Softwares | Especialista em Banco de Dados | SorBR.Net | Professor Universitário | MSIT.com]

    sexta-feira, 26 de outubro de 2012 12:10
    Moderador