none
Restore - Analysis Services 2005 RRS feed

  • Pergunta

  • Pessoal,

    Estou tendo problemas ao fazer o backup e depois tentar fazer o restore de uma database do Analysis Services 2005.

    A database possui mais de 2gB. Li algo a respeito de problemas em caso de tamanhos superiores a esse valor.

    Faço o backup da database, mas por algum motivo que desconheço, faço o restore e quando tento consultar algo no cubo, aparece a seguinte mensagem:

    The query could not be processed:

    o File system error: The following file is corrupted: Physical file: \\?\C:\SQL Server\MSSQL.2\OLAP\Data\teste.59.db\"Nome_Servidor" - "Nome_Database".190.cub\Fato Inadimplencia Safra Contrato.190.det\Fato Inadimplencia Safra Contrato.167.prt\172.fact.data. Logical file .

    O arquivo de backup está sendo criado com apenas 50Mb.

     Alguém sabe algo a respeito?

    • Tipo Alterado Gustavo Maia Aguiar segunda-feira, 16 de agosto de 2010 11:08 É uma pergunta e não uma discussão
    quinta-feira, 12 de agosto de 2010 19:59

Todas as Respostas

  • Durante backup/restore não deu nenhum erro?

    Experimentou dar process full no cubo?

    Miller

    sexta-feira, 13 de agosto de 2010 15:41
  • Miller,

    O que aconteceu durante o restore?


    Pedro Antonio Galvão Junior [MVP | Microsoft Evangelist | Microsoft Partner | Engenheiro de Softwares | Especialista em Banco de Dados | SorBR.Net | Professor Universitário]
    segunda-feira, 16 de agosto de 2010 20:18
  • Durante o backup não apareceu nenhuma msg de erro.

    O estranho é que a database possui mais de 2gB e o backup gerado só tinha 50mB.

     

    Já fiz alguns cubos, mas ainda não tenho grande experiência com isso. Mas, pela política que nós usamos, se eu der full no cubo, considerando que a tabela fato não vai ter os dados, perderei dados.

    segunda-feira, 16 de agosto de 2010 23:22
  • O restore ocorre normalmente, sem nenhuma mensagem de erro.

    Mas quando começo a usar o cubo restaurado, aparecem mensagens como a que eu listei no início do tópico.

     

    segunda-feira, 16 de agosto de 2010 23:25