none
Renderizar um objeto 3D em máquinas diferentes (Sem estar em Cluster) RRS feed

  • Discussão Geral

  • Olá grupo.

    Estou tentando verificar uma viabilidade técnica antes de programar. Estou tentando fazer um programa para renderização simultânea de objetos 3D em máquinas diferentes. Não é uma ideia de Cluster. São máquinas em diferentes ambientes que receberam uma parte do objeto 3D para renderização. Pensei em converter um objeto 3D (tipo .stl ou outra extensão) para binário e depois dividi-lo para multiprocesso de renderização em máquinas diferentes. Após a renderização em locais diferentes forem concluídas as partes são novamente unidas (foto renderizada) para exibição. Ainda pesquisando se posso renderizar uma parte de um arquivo de um objeto 3d (dividido) e depois unifica-lo com outras partes. 

    quarta-feira, 28 de março de 2018 14:03

Todas as Respostas

  • Isso é computaçao distribuida. É mais ou menos o que faz o Folding@Home e o Seti@Home.

    O problema é que isso nao é nada trivial. Voce vai ter que ter um computador central responsavel por dividiar as tarefas (disponibilizar cada parte do objeto), esperar que as maquinas peguem uma parte, esperar o retorno da parte renderizada e quando tiver todas as partes completas juntar em um unico objeto.

    Att


    William John Adam Trindade
    Analyste-programmeur


    Sogi Informatique ltée
    If you found this post helpful, please "Vote as Helpful". If it actually answered your question, remember to "Mark as Answer". Se achou este post útil, por favor clique em "Votar como útil". Se por acaso respondeu sua dúvida, lembre de "Marcar como Resposta".

    quarta-feira, 28 de março de 2018 14:46
    Moderador
  • Sim! Estou estudando sobre extensões de objetos 3D. Um exemplo é a extensão .dae (COLLADA) criada pela empresa Khronos. Vamos lá, esse tipo de arquivo usa a linguagem XML para instrução do objeto 3d, textura, posição, geometria, faces,vertes. Fazendo a leitura do layout do arquivo 3D, verifiquei uma certa padronização de código (organização) diferente da extensão .stl (um outo formato de objeto 3d) que utiliza instrução em AIISC. De princípio pensei em dividir o arquivo para renderização e um outro método do programa, mas estou tentando estudar se seria viável fazer dessa forma. Uma vez que não seria enviado o objeto (arquivo 3d) todo, e sim uma parte para renderização. De retorno do resultado renderizado seria retornado um arquivo .PNG ou JPEG (imagem) do objeto. Quais seriam os possíveis problemas: 

    1) Separação correta da parte do objeto para renderização

    2) Renderização da parte do objeto com todos os materiais e feitos que compõe o conjunto do objeto dentro da dimensão e qualidade como todo

    3) Organização da imagem retornada para compor a foto final.

    Não sei se necessariamente seria de viabilidade enviar uma parte do objeto ou enviar o objeto para renderização apenas da parte. 

    quarta-feira, 28 de março de 2018 19:50