locked
Access 2010 em rede, viável?

    Pergunta

  • Bem gente, sabemos que o access é muito criticado devido aos seus problemas de funcionamento em rede.

    Trabalho com automação comercial e estou começando um novo projeto, nunca usei access porém sempre tive vontade de experimentar, pela sua simplicidade e versatilidade.

    Geralmente sistemas de automação comercial não tem um grande numero de acessos simultâneos, de 10 a 20 no máximo, e desses 20 nem todos estarão trabalhando com a mesma tabela.

    A idéia seria usar access apenas como banco de dados, a aplicação própriamente dia será feita em outra linguagem/ferramenta. Até porque, já que a aplicação será independente do access, ela irá acessar o arquivo accdb apenas na hora das gravações ou consultas. Enquando o usuário está digitando dados um um formulário da aplicação, a conexão com o banco está desabilitada, e é conectada apenas na hora em que o usuário clica am algum botão para gravar. Ao fazer isso a aplicação conecta com o banco grava os dados e fecha a conexão, A concorrência é muito menor.

    Minha dúvida é, mesmo usando o access apenas como BD, sem usar suas outras ferramentas como Macros, Formulários, DBA, etc..... Ainda poderei ter os mesmos problemas que os usuários que fazem toda a aplicação no access? Tipo, problemas com cocorrência, Menssagens de arquivo já em uso, etc.... ???

    Apesar das criticas eu o considero uma boa opção. Até hoje existem grandes sistemas, grandes mesmo rodando em clipper com DBF, e funcionam. E o que é um dbf perto de um accdb.....

    Outra coisa, o access 2010 trás alguma melhoria no funcionamento em rede?

    Grato gente.


    I love Difficulty
    sábado, 4 de junho de 2011 15:19

Todas as Respostas

  • A vantagem do Access é poder conter no mesmo ficheiro a base de dados e a aplicação para consultar e gerir esses dados.

     

    No seu caso se a bd for para residir num servidor, aconselho a usar o SQL Server (Existe uma versão gratuita) ou o MySQL (também gratuito).

    Se a base dados ficar num qualquer pc da rede, então será melhor usar o Access, mas não descuidar de um backup regular.

    O access permite ficheiros com o máximo de 2 Gb e 255 acesso simultâneos.

     

    Por experiência propria digo que quando um ficheiro de access contem apenas tabelas e é acedido por outros ficheiros o programas, tem muito menos problemas.

    Muitos erros no Access surgem pelo facto de sempre abrimos um ficheiro para edição ele fica em modo exclusivo, bloqueando qualquer outro utilizador ou programa de o abrir.

    Por isso por norma crio sempre um ficheiro para as tabelas (dados) e outro (ou outros) para a aplicação (consultas, formulários e relatórios), inserindo as tabelas por ligação.


    domingo, 5 de junho de 2011 08:07
  • Bem, a intenção é essa mesmo, funcionar em rede, colocar o arquivo em um um servidor e confirar a base de dados ODBC nas estações.

    Como falei antes, existem sistemas de tamanhos consideráveis rodando em clipper + DBF. Base de dados DBF foi criada quando eu ainda nem era nascido. E até hoje tem um desempenho/funcionamento aceitavel. O Access surgiu muito depois, e até hoje surge norvas versões sendo a ultima 2010. Se tais sistemas funcionam aceitavelmente até hoje com base de dados DFB (pre-histórica), será mesmo que o Access na sua ultima versão não é uma boa opção?

    SQL Server acredito que que é mais adequado para base de dados gigantes, como sites com muitos acessos, ERPs enorme. Para redes de pequeno porte e pequenas intranets acredito que access ta de bom tamanho.

    Mas isso é o meu palpite, só a prática me dará essa certeza.


    I love Difficulty
    domingo, 5 de junho de 2011 13:33
  • Olá Matheus,

    não vejo problema algum em usar o Access em rede, mesmo em aplicações 100% Access (front-end e back-end).

    Nas aplicações Access/Access, o problema é compartilhar o front-end na rede. Se o desenvolvedor separar o front-end do back-end e compartilhar apenas o back-end (colocando uma cópia do front-end em cada máquina), não terá problemas.

    No seu caso, que terá um outro front-end, também não terá problemas por compartilhar o arquivo de dados.

     

     

     


    Luiz Cláudio Cosenza Vieira da Rocha - http://msmvps.com/blogs/officedev - IT Lab www.itlab.com.br - Access FAQ: www.accessfaq.com.br
    domingo, 5 de junho de 2011 20:14